União… falido?!

Desde que o protocolo com o UDL foi assinado que temos tido muitas dúvidas sobre a sua utilidade e garantias sobre o cumprimento. Depois se sabermos que o relvado colocado no ACM ainda não foi pago; de sabermos que a SAD do União está sem activos, ficamos mais e mais apreensivos e mais certos de…

Estado de sitio

“a obra executa-se, mas tudo em redor ficou anestesiado, a cidade não está morta, mas até parece…“… Pela primeira vez lemos alguém que foi eleito por um punhado de eleitores dizer alguma coisa contra a forma como as obras avançam no centro. Já não era sem tempo que começássemos a sentir que há mais gente preocupada com…

O Piegas

Não é só o Cavaco quem acha que o que recebe é pouco. Também o Passos se acha mal pago. Sabendo a asneira que o Cavaco tinha feito quando se queixou, este vem agora, não de uma forma tão piegas, lamentar-se com o que recebe e diz que os políticos não são bem pagos. Pode…

“Salazar é a tia!”

Quando as comadres se chateiam, descobrem-se as verdades! Isto é o que diz o povo. Quando esta semana assistíamos a um programa na televisão, ouvimos, depois de o Santana se exaltar e chatear, dizer que o dirigente do BE era familiar do Salazar ou melhor, que o Salazar era tia dele! Deve ter querido dizer tio!…

Os erros da câmara

O acordo ortográfico tem dado que falar mas irá dar ainda mais quando for de aplicação generalizada. Até lá, vamos lendo alguns textos com as novidades. Um dos locais onde já se nota existir mudanças é no portal da câmara. Sendo um local onde toda a gente pode aceder, espera-se que a correcção de escrita…

Empresas públicas e municipais

Alguns cépticos dizem que o país é pequeno e que não conseguirá dar a volta à crise sozinho. Não podiam estar mais enganados. Somos um grande país. Somos tão grandes que uma empresa pública comprou autocarros mas cinco desapareceram! Alguém se esqueceu onde os pôs e agora ninguém sabe deles! Parece anedota mas não é.…

Ora se fossem…

208.000 é o número que um jogador vai ver todos os meses no extracto bancário da sua conta. É a última aquisição do FCP. Numa altura em que as dificuldades por que a generalidade dos portugueses passa são enormes, saber que alguém que apenas sabe dar uns toques na bola recebe por mês tal quantia…