A tristeza do Logrado

Desde que lemos a entrevista do Logrado, há mais de um mês, que não sabemos o que tem feito. Segundo o que ele disse, este seria o mês em que iria haver novidades. As novidades não têm surgido e quando nos cruzamos com ele na rua deixámos de ver o que lhe era característico: o sorriso!…

A decisão

Esta semana reúne-se a concelhia do PSD com alguns militantes. Pelo que conseguimos saber, o Santos irá estar. Pelo que têm sido os últimos desenvolvimentos, acreditamos que o Cruz estará a engraxar os sapatos para poder dar-lhe um pontapé mais certeiro e não fiquem a restar dúvidas. Já lemos que, mesmo sem ser o candidato para as próximas…

Pré-campanha

Quando no Sábado percorremos as ruas do centro tivemos, mais uma vez, oportunidade de ver o quão mal está a terra e quão pouco foi feito pelo Álvaro para que alguma coisa mudasse. Nas diversas ruas por onde passámos o que encontramos foram espaço comerciais que antes tinham a porta aberta, fechados. E tudo tem…

Outra nulidade

Ontem ouvimos o Seguro falar e afirmar que não quer ir para o governo sem eleições. Ao ouvirmos isso lembrámos que ele poderá mesmo ser o próximo primeiro ministro do país. Ficámos assustados! Já tínhamos ouvido falar que ele era uma nulidade mas fomos confirmar qual era o seu curriculum. Ficámos ainda mais assustados. Aquele…

Início do ano escolar

Com o início do ano lectivo começaram as preocupações das nossas crianças. Uma das promessas que foi feita elo Álvaro e que foi cumprida foi a de dar livros às nossas crianças do primeiro ciclo. Já dissemos o que pensamos disso e não vamos repetir. Segundo o que veio noticiado, a câmara gasta com essa…

Olha, toma!

Portas falou e depois de o ouvirmos ficámos com a sensação de que ele já antes nos tinha dado a entender o que era o seu pensamento. Fomos ver à galeria de imagens que temos e encontrámos uma tirada há uns tempos em que ele nos disse, por gestos, o que achava de nós. Há…

Prestar contas

Sábado assistimos ao que é por muitos considerada como a maior demonstração de insatisfação do povo desde o 25 de Abril. Tudo tem a ver com o que são anos de governação e de despesa do Estado e a necessidade de agora tentar minimizar os efeitos desse despesismo e má gestão. Se Sábado reclamámos pelo…

A culpa é só dos outros!

Com a crise aí, temos falado todos no Passos e nas medidas que está a aplicar e que ninguém compreende. Mas pouco ou nada se ouve protestar contra o Portas. Aquele que na campanha dizia que viria defender os desprotegidos e tinha como slogan os reformados está calado, como que se não soubesse o que…

Por cá foi assim

Hoje sentimos que ainda não morremos e que a terra ainda tem uma um pouco de força para reclamar contra o que está mal. Não sabemos quantas pessoas ali se juntaram mas foram umas largas centenas. Ali pudemos ver os dirigentes do PCP, dirigentes do PS (possivelmente para tentar aliviar o peso na consciência do…

Também são culpados

Somos um povo de memória curta que esquece o que é importante. Hoje irá muita gente reclamar contra o que são as medidas do governo. Nós também lá estaremos. Acreditamos que iremos lá encontrar alguns dos actuais autarcas e, quem sabe, até o deputado Pedrosa. Mas há que não esquecer o que também é importante.…

Preparar a fuga

Há um ano no governo, Passos não conseguiu, mesmo depois da austeridade que impôs, reduzir o défice; não fez reformas; não reduziu a despesa do Estado; não negociou as parcerias; não eliminou fundações… não conseguiu nada do que disse que iria conseguir. Agora com as novas medidas, há quem diga que são inconstitucionais e que…

Falta de informação

Com o final do período balnear, com as medidas do governo a assombrar-nos, nada como um fado para nos tentar lembrar que ainda somos portugueses e, quem sabe, possamos começar a ganhar vergonha do que temos feito. Com o apoio da câmara, hoje vai haver fados em S. Pedro. Provavelmente para muitos isto é novidade…

Não aprendemos

Apesar de não deixarmos entrar em casa qualquer um, desta vez abrimos uma excepção e deixamos que o Passos entrasse, não pela porta mas na televisão. Os quatro mil euros que ele fez a televisão publica gastar para não ter que sair e ser vaiado não conseguiram ser o suficiente para que a sua imagem saísse melhorada.…

Sem dinheiro?

Temos ouvido, por mais do que uma vez, que a câmara está sem dinheiro para fazer alguma coisa. Não percebemos muito bem essa justificação quando há uns meses atrás havia informação de que as contas da câmara eram boas e que estava até desafogada. Houve mesmo quem dissesse que a câmara era uma das poucas…

É já Sábado

Depois de tudo o que temos vindo a ter conhecimento do que são as intenções do governo, não podemos senão tomar posição e juntarmos ao coro de indignação que circula pelo país. A ilegalidade que agora o governo nos quer impor de aumentar a taxa social única em troco de nada é o melhor exemplo de que…