O pensador

Hoje, uma vez mais, o Duarte dá sinal de vida. Temos que reconhecer que não conseguimos ainda entender qual o objectivo que tem delineado. O texto que escreveu é simpático e não tem nada que possamos discordar. É daqueles textos com o qual todos concordam. A reflexão que faz é interessante e em termos teóricos…

Best friends!

Há muito que o + Concelho tem tentado mostrar que está vivo. Depois do desaire as ultimas eleições e com poucos elementos eleitos, a sua presença não se tem feito notar. Os deputados municipais não têm conseguido dar muitos sinais de que estão aí para ficar. A João é ainda aquela que mais consegue dizer…

As transferências

Sexta vai novamente à Assembleia Municipal a rejeição de competências. Na reunião extraordinária que esta semana teve lugar o PS e PCP quiseram rejeitar a transferência de competências. E aqui voltamos ao mesmo! Que leva a que uma competências sejam aceites e outras rejeitadas? Educação, cultura e saúde foram as que agora foram rejeitadas. O…

Caras novas!

Sábado o PCP local reuniu-se. Entre os assuntos que tinha para tratar, um deles tinha a ver com a eleição da nova comissão concelhia. Sem grandes novidades, 17 dos que faziam parte mantiveram-se no cargo. Não há, por isso, que esperar grandes mexidas no que diz respeito às politicas que têm sido seguidas pelo partido.…

Voltar atrás

A reunião de hoje terminou com duas decisões. Não foram aceites competências q<e o governo queria passar para as autarquias e voltaram atrás com a decisão de dar um benefício ao empreendimento da Vieira. A Cidália voltou atrás ao que tinha dito há muitos meses. +10 Seguir ( 1 Seguidores ) X Seguir E-mail :…

Tão simples

A semana passada começou a ser possível pagar o estacionamento sem sair do carro. É uma inovação em relação ao que existia e não há que criticar. Foi uma decisão interessante. Quem quiser pagar sem ter que ir ao parquímetro, apenas tem que se registar. Já a testámos e funciona. A TUMG limitou-se a usar…

Dar música

A TUMG exerceu o direito de resposta em relação ao que tinha sido escrito há quase um mês num jornal. Foi um direito de resposta que teve que ser amadurecido pelo tempo. O problema no que foi escrito é que soa a que nos estão a tentar dar música, mais do que a esclarecer o…

Resposta

“Na sua edição do passado dia 17 de janeiro, o Jornal de Leiria publicou em editorial um texto com o título “Como se tenta silenciar a comunicação social” no qual é visada esta sociedade municipal, quem a administra e reflexamente a autarquia. Tal texto contém imputações falsas e insinuações tendenciosas que visam manipular a opinião…

Adiada

A reunião de logo, a extraordinária, foi adiada para segunda. Poderia escrever-se muito sobre a desorganização que existe, mas não há muito que se possa dizer que não tenha já sido dito. O que nos espanta é a forma passiva como os vereadores da oposição vão aceitando tudo isto. Entende-se que para quem está na…

5 anos depois!

Hoje chamaram-nos atenção de um assunto que foi muito falado no anterior mandato, já o foi neste e continua por resolver. Estávamos em Fevereiro de 2014 quando nos chegou a informação relativa a um jazigo que estava a ser construído fora das medidas permitidas. Passaram 5 anos e nada aconteceu. Em Abril do ano passado…

Não mate o mensageiro

Ao longo dos meses e anos que temos vindo a escrever tem-se assistido a uma enorme preocupação de alguns em ‘matar o mensageiro’ mais do que matar os problemas. Sem que tenhamos a pretensão de ser mais do que somos, reconhecemos que, numa ou outra situação, somos os portadores de informação que de outro modo…

Embaraço

É pena a reunião de amanhã não ser transmitida nem ser possível ter público. Por certo que irá ser divertido assistir à Patrícia e à Alexandra questionarem a Cidália sobre a anulação de uma decisão que ela defendeu. A Cidália vai ser, aliás, a única que deverá estar presente que votou a favor da decisão…

Por este ritmo…

Por este ritmo vai-se repetir o que aconteceu no ano passado. Não têm tempo para agendar os assuntos para serem discutidos nas reuniões ordinárias, com acesso do público, e vai daí agendam reuniões extraordinárias. Para amanhã esta agendada mais uma reunião, sem que se tenham dado ao trabalho de a publicitar, para discutir, entre outros…

O pedido

Sobre a questão que escrevemos há pouco da necessidade dos bombeiros da Vieira, fomos recordados por um munícipe que há dias, aquando do aniversário daquela associação, o presidente da associação afirmou que havia pedido à Câmara algumas coisas, entre elas duas ambulâncias, apesar de se contentar com uma, mas que nem resposta teve por parte…

As prioridades

Ontem fomos chamados a atenção por um leitor deste espaço para o facto de terem sido concedidos apoios a clubes e associações em valor superior a novecentos mil euros e os bombeiros da Vieira terem apenas duas ambulâncias, uma delas quase em estado comatoso. Chamou-nos a atenção para o facto de o socorro à população…

Para não ficarem atrás

Não é só na sede de concelho que os painéis estão a começar a ficar com os píxeis avariados. Na Vieira o painel vai pelo mesmo caminho. E agora como é da manutenção? Uma coisa é certa, há uma mania de não quererem ficar atrás 🙂 00 Seguir ( 1 Seguidores ) X Seguir E-mail…

Dêem a volta

Ir trabalhar nem sempre é fácil. Quem vive na Vieira e trabalha no Pilado tem agora uma tarefa mais árdua. Uma das estradas que permitia o acesso, onde já não há árvores queimadas, tem o transito cortado, obrigando a quem quer fazer esse trajecto a ter que ir por Monte Real ou vir pela Marinha.…

Política cultural

Muitas vezes ouvimos munícipes questionarem as opções que têm sido tomadas no que diz respeito ao que é a programação da Casa da Cultura. Já nem adianta falar na questão da bilheteira porque essa sabe-se que vai continuar na mesma. De algum modo pensamos que existe uma planificação mais ou menos delineada para o que…

Algo está mal!

Ontem a Célia mostrou-se indignada com o facto de um ofício “quem vem dirigido à senhora presidente” ter ido parar às redes sociais. Parece claro que algo não está bem e que a Célia, mais do que querer atacar quem deu a conhecer ao público o referido ofício, quis dar um recado interno. Claro que…