As bengalas do Álvaro

Logo deverá ficar definido qual será a composição da Câmara e da Assembleia. A julgar pelo que lemos a semana passada no jornal, o Santos não deverá aceitar pelouro já que disse que irá analisar caso a caso o que forem as propostas. Da parte da CDU sabe-se também que não irão aceitar pelouros, que…

As Juntas e a coerência

Na passada sexta ficou definido como irão funcionar as Juntas. Hoje será a vez da câmara e Assembleia Municipal ficar empossada e ficar a saber-se como irá ser. Como era previsível, por cá o acordo para o executivo da Junta foi feito entre a CDU e o PSD, indo o Carrilho fazer companhia à Isabel.…

Semana dos sete dias

Ontem percebi que realmente a democracia como a conhecemos não é um facto adquirido. Numa discussão agradável e acalorada, a determinada altura entrámos na disputada dos funcionários públicos VS funcionários privados. E entre algumas afirmações interessantes registei uma que me deixou a pensar: “há mais funcionários públicos que privados!” quando perguntei como é que isso…

Temos o que merecemos

“Devia saber que esclareci, em devido tempo, que nunca tive qualquer relação com o BPN ou com as suas empresas, a não ser a de depositante para aplicação de poupanças, quando era professor universitário. Esqueceu mesmo o esclarecimento que, pessoalmente, lhe foi prestado“. O Cavaco disse também que “nunca exercera qualquer tipo de função no…

Negócio na escola

Quando éramos jovens, o significado de “amochar” traduzia-se num jogo entre que duas equipas em que iam saltando alternadamente para as costas dos que estavam “amochados” até que o peso forçava a cair. Com a internet e os jogos de computador tudo mudou e não se vê mais a criançada a ter esse tipo de…

Mau tempo na Junta

Se na Junta da Moita o assunto parece estar mais ou menos definido, na Vieira e na Marinha não será fácil conseguir manter uma governação sem problemas a menos que possam surgir entendimentos. Na Vieira o Vidal poderá ter a vida facilitada, bastando que um dos que está na oposição possa a ele aliar-se. Não…

A ponte não caiu

Não, a ponte sobre o Tejo não caiu, cedeu! O que caiu foi a esperança de que alguma coisa mude. O braço de ferro que o Governo fez com a CGTP deu a vitória ao Governo. No mesmo dia em que é anunciada a proposta de orçamento, o Arménio decide transformar a manifestação a pé…

Esquecimento conveniente!

Numa altura em que se fala em transparência, no que os políticos podem perder ou não com os cortes nas subvenções e depois de ouvirmos um dos históricos do PS, e ex-candidato à Presidência da República, mostrar-se contra esses cortes, tivemos conhecimento que no verão, enquanto todos andávamos a banhos, os deputados aprovaram, meio à…

Peditório

Estamos em tempo de crise e é nestas alturas que se pode mostrar o quanto nos preocupamos com as dificuldades que os outros passam. Para se ser solidário não basta apenas dizer-se que o é, tem que se fazer alguma coisa. Foi com esse espírito que decidimos por em marcha uma campanha de recolha de…

Governo a três

Apesar de nada se saber em concreto sobre qual irá ser a composição da câmara e quais os pelouros que poderão ser entregues e a quem, surgiu-nos ontem a informação (ainda não confirmada) de que poderá ser feito acordo pós-eleitoral entre o Álvaro, o Aurélio e o Logrado. Se se vier a confirmar este cenário…

Festas no centro

Este fim-de-semana tivemos uma mostra de como é possível, sem que tenha que se gastar muito dinheiro, dar movimento ao centro tradicional. Apesar de sermos uma terra onde não parece existir um grande envolvimento de quem aqui vive com a religião, uma simples festa foi o suficiente para que o centro tivesse movimento e enchesse.…

A escolha

Muitas interrogações existem neste momento em relação ao que irá ser a composição da câmara. Mas não menos importante é a composição da Assembleia Municipal. Os resultado das eleições ditou que os vinte e um deputados sejam distribuídos de uma forma que leva a que possa ser difícil a aprovação de alguma coisa sem que…

A fechar

Já se sabe que o centro tradicional da terra está deserto. Mas não é o único. Desde o tempo em que o Constâncio estava na câmara que a construção do Atrium deixou foi uma das obras que deixou marcas. O facto de estar há anos ainda com a indicação de que ali está o mercado…

Os delinquentes

O Soares hoje disse uma das poucas coisas com a qual concordamos. Chamou os que estão no governo de “delinquentes”. Disse que, quando saírem do governo devem ser “julgados”. O que ele disse mais não é do que uma evidência. Claro que se sabe que nada disso irá acontecer e parece-nos que ele pecou por…

Governação sem independentes

A pouco mais de uma semana de tomarem posse os novos eleitos, ainda há muito que não se sabe. A principal incógnita reside na composição do elenco camarário. Se se sabe que o Santos já terá dado a conhecer a sua intenção de não fazer parte a tempo inteiro da câmara, um dos cenários possíveis…