Mudaram as regras

É já conhecida a ordem de trabalhos para a reunião da próxima semana. Ao longo dos últimos anos tem havido uma preocupação para que nas ordens de trabalhos não sejam colocados nomes dos munícipes em situações mais melindrosas. A salvaguarda do seu nome e imagem que podem ter leva a que tivesse havido essa preocupação.…

De novo o mesmo

Ainda sem que sejam conhecidas as razões da desistência da empresa que ganhou o concurso, a segunda classificada é do mesmo que tem organizado as festas nos outros anos, a do Sardet. Com uma proposta de 206.900,00, mais IVA, foi a segunda classificada com uma proposta 6900 euros superior à que ganhou. Quem acredita que…

Festas sem empresa

Confirma-se que a empresa a quem foi adjudicada a realização das Festas da Cidade desistiu. A menos de 15 dias do início das festas, a câmara tem que se virar agora para a segunda classificada do concurso e começar tudo de novo! Ou seja, estamos sem garantia de que as festas se possam realizar. Tudo…

Problemas à vista?

As festas podem não correr como se poderia esperar, esperamos que não! O concurso para que fosse adjudicado a uma empresa a realização das festas foi lançado já tarde. Havia empresas que concorreram e que mais ou menos se esperava que pudessem ser aquelas às quais iria ser feita a adjudicação. Isso levou até a…

Cancelado

O ano passado, por esta altura, já muito se sabia do estado do Orçamento Participativo para esse ano. Há umas semanas a Cidália afirmou que estiveram para não o realizar, mas, no final das contas, decidiram fazê-lo. Este ano não se sabe de nada. A conclusão que se pode chegar é a de que foi…

O vidro

Somos a cidade do vidro. Centenas de camiões entram e saem da terra todos os dias. As empresas que aqui laboram são uma das maiores fontes de receita da autarquia na vertente de impostos. Seria de prever que a autarquia desse atenção a tudo o que tem a ver com essa actividade. Não, não vamos…

Inconsolável

A senhora devera estar inconsolável. Há a noticia de que o seu grande amigo Rogério foi para o olho da rua. Foi tarde! A notícia da TSF dá conta de que ele terá sido demitido já que foi substituído e não se demitiu. Como vai fazer agora sem o grande amigo do pinhal de Leiria…

Cadê eles!? II

Sobre o texto que escrevemos ontem sobre a ausência dos bombeiros, recebemos um esclarecimento de uma pessoa ligada à corporação que é para ser mantido em anonimato, mas que diz o seguinte: “Por razões óbvias não devo comentar a publicação sobre a presença dos Bombeiros da Vieira, tanto na pista de gelo como nas festas…

Os sacrifícios

Devemos reconhecer que consideramos a Isabel como sendo um politico que não entra em folclore, designadamente o folclore que surge nas campanhas eleitorais. Não nos pronunciamos quanto à seriedade porque consideramos que, com mais ou menos competência, todos os nossos autarcas o são e, como tal, ela não é excepção. Dito isto, é com espanto…

Cadê eles?!

Há algo que não está a funcionar bem. No Natal a câmara mandou montar a pista de gelo para fazer reverter os lucros para três instituições. Os bombeiros da Vieira recusaram porque, diz-se, não tinham pessoal. Foi menos receita que arrecadaram. Agora quando se olha para a lista de associações que irão estar a explorar…

Haja dinheiro

Ainda em torno das Festas da Cidade, há coisas que são difíceis de entender. A câmara organiza este evento há já uns anos, mantendo a mesma estrutura com que foram concebidas as primeiras festas. Tiveram já tempo para saber como se faz e serem os próprios serviços a organizar. Este ano, tal como nos outros,…

‘Cabeças’ (d)no cartaz

Quando vemos um dos ‘cartazes’ de promoção das Festas da Cidade com a inclusão de um grupo local, pensámos logo que teria sido mais uma aberração da autarquia ao colocar o cartaz sem mostrar as caras dos que fazem parte do grupo. Pensámos mal. A opção de fazer assim o cartaz foi dos próprios como…

Publicidade e propaganda

Com as eleições à porta, se bem que ninguém se interessa por elas já que poucos saberão qual a utilidade que os eleitos têm a não ser para receber os chorudos salários, já se vêm os cartazes a apelar ao voto. Já se sabe que muitos vão ficar até às próximas eleições. A câmara não…

As barraquinhas

Foi já efectuado o sorteio das barraquinhas para as festas da cidade. A sorte ditou esta distribuição: 1 CLUBE DESPORTIVO MOITENSE 2 ADESER II 3 SOCIEDADE UNIÃO DE ALBERGARIA 4 GRUPO DESPORTIVO OS VIDREIROS 5 SOCIEDADE DESPORTIVA E RECREATIVA PILADO ESCOURA 6 CLUBE DESPORTIVO E RECREATIVO DE AMIEIRA 7 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARINHA GRANDE POENTE…

Com o apoio…

Quem visita o site da câmara descobre uma série de anúncios. Uns com interesse, outro nem tanto. Mas fica-se com a ideia de que aquele espaço serve para dar a conhecer aquilo que vai acontecer. Não é bem assim. Este fim-de-semana houve um passeio que envolveu uma série de carros antigos. Teve o apoio da…

Fugiu a boca para a verdade

São raras as vezes que podemos esperar que da boca de um politico saia a verdade, mas de quando em vez isso acontece. Há muito que se fala dos apoios às associações e colectividades e da ausência de um regulamento que anda a ser prometido há meses. Na última reunião a Célia disse o que…

Ranking

A Ordem dos Economistas elaborou um ranking para classificar os municípios e coloca-nos no 61.º lugar a nível nacional. Fazendo a comparação com outros municípios, o que leva a que estejamos à frente de muitos é somente a sustentabilidade financeira, o que não admira com a quantidade monstruosa de dinheiro que está no banco, e…

“Mentiu”

«Uma mentira repetida mii vezes torna-se verdade.» (loseph Goebbels, ministro do pro-pagando do reich na Alemanha Nazi)A Sra. Vereadora afirmou na reunião de Câmara de 22/04/19 e na Assembleia Municipal de 30/04/19, em relação às festas da cidade, que tinha reunido com as colectividades e só uma não tinha concordado que as festas se alargassem…

Pirueta

Já se sabia que a João não era mais do + Concelho. Não se conheciam as razões, mas agora sabe-se que tudo se ficou a dever ao facto de ela não querer votar a transferência de competências para a câmara como o movimento queria. Por esse motivo saiu com o rotulo de traidora. Até aqui…

Leslie

Em Setembro do ano passado, no dia 22, o furacão passou aqui pela terra. Fez os estragos que se conhecem. Há dias foi afirmado que um contrato público, se os serviços não perderem tempo, demora menos de 50 dias até que possa ser feita a adjudicação. Pois bem, se assim tivesse acontecido, o contrato para…

As festas

As festas estão quase aí e ontem ficou-se a conhecer o ‘programa das festas’. Os artistas que vão actuar não são, na nossa opinião, as melhores escolhas, mas claro que isso é uma questão de opinião e gosto. Depois de se ter conhecimento do programa ficou-se com a clara sensação do que há dias escrevemos…

Tapete vermelho

Desde há algum tempo que se percebeu que a Alexandra está a prazo na câmara. A sua candidatura surgiu por ausência de elementos no seio do PCP que, com credibilidade, pudessem encabeçar a lista e porque tinha feito parte do executivo anterior. Rapidamente se percebeu que a sua postura, mais pragmática, não é consonante com…

Vá-se-lá entender!

Estamos a poucas semanas de começarem as festas da cidade. Os quatro dias estão quase aí e com eles virão artistas locais, dizem, e de fora. Ainda não há publicidade em lado algum, mas isso também não é novidade. O que não deixa de ser estranho é que a câmara decidiu abrir as portas da…

Lixo e mais lixo

Em muitos locais do concelho é fácil encontrar-se lixo pelo chão. Naturalmente que muito do que se vê é também por falta de civismo dos munícipes que preferem colocar lixo no chão a esperar que os contentores sejam despejados. Mas há situações em que não têm escolha. Nem todo o lixo é passível de ser…

O estado da terra

Há imagens que explicam de forma magistral o estado em que o concelho se encontra. Quando se passa na principal avenida pode ver-se qual o cuidado e zelo que a câmara tem com a imagem e com segurança de quem aqui vive e circula. Um semáforo preso por ferros e fitas é o melhor que…

Um dia…

Quem frequenta o centro tradicional já deverá ter percebido há meses que o café ao lado da Casa da Cultura deixou de funcionar. Depois de alguns pedidos para que fosse reduzido o valor da renda, a ausência de movimento no centro levou ao encerramento. Claro que o encerramento daquele espaço não tinha que ser uma…

Os números

Muito se tem lido e falado sobre a revisão que foi aprovada com os votos favoráveis do PS, abstenção do PCP e voto contra do MpM, mas não foi dado ainda a conhecer aos munícipes aquilo que está em causa. Deixamos, por isso, o que são os números que estão em causa.

Identificação!

Tivemos conhecimento que está a ser pedido à entrada dos serviços camarários, melhor dizendo, no próprio edifício da câmara a identificação de quem quer lá entrar. Desconhecem-se as ordens que foram dadas por parte de quem coordena os serviços, mas não deixa de ser algo estranho. Em vez de facilitarem o acesso dos munícipes, parecem…

Duas faces

Na assembleia municipal o Curto fez afirmações que podem ser entendidas como tendo sido em defesa do executivo camarário. Quase todas as situações têm quase sempre duas versões e parece-nos útil que possamos dar a conhecer tudo.

A conveniência das festas

As festas da cidade têm mais um dia o que faz com que vá cair mesmo em cima da quinta-feira da ascensão. E que conveniente isso é! A Célia tem-e desdobrado em argumentos para justificar que este aumento de um dia serviu para satisfazer uma pretensão das colectividades que reclamavam por mais um dia. O…

Desvirtuação

A democracia faz-se com os partidos e movimentos. Tirando o Presidente da República que é escolhido de forma individual, não há eleitos que possam ser escolhidos sem que esteja integrados em listas. Neste momento vive-se uma situação que desvirtua as regras democráticas. Dois eleitos saíram dos partidos / movimentos que integravam e estão a ocupar…

Dia de S. Nunca

Creche na Ivima, antiga promessa do PS e da Cidália. Já vem do anterior mandato, do pelouro da Cidália, a promessa da criação da creche naquelas instalações. O problema é que não se vê nada a ser feito. Hoje pode ler-se que o motivo de estar tudo parado, apesar de dever estar já construído, é…

Bom exemplo!

É indiscutível que as estradas do concelho estão uma miséria. Todos o reconhecem. Sempre que vemos uma obra a ser realizada por particulares ficamos sempre à espera que surjam as habituais valas para que se façam as ligações ao saneamento, gás e tudo o mais que é necessário. Há dias passámos numa da estradas da…

Encostado à parede

Na reunião de segunda o Aurélio foi encostado à parede. Já se sabe que todos os assuntos que tenham a ver com atribuição de apoios não tem o voto favorável dos vereadores do MpM. A abstenção é sempre a opção que tomam. Entende-se que seja difícil votar propostas tão díspares como as que surgem nas…

Inúteis

Quando há munícipes que se dispõem a ser candidatos a um qualquer cargo, presume-se que eles tenham alguma coisa a dizer, que tenham opinião e que estejam disponíveis para intervir em defesa daquilo em que acreditam. Quando assistimos às reuniões da Assembleia Municipal vemos ali uma série de munícipes que integraram as listas e que…

Abandono

Ficou-se ontem a saber que a João abandonou o + Concelho, deixando de estar na AM em representação desse movimento, passando a fazê-lo em nome individual. Este abandono era mais ou menos previsível tendo em conta o facto do +C estar cada vez com menos pessoas a segui-lo. O que não deixa de ser estranho…

Estudantes

Na semana passada ficou-se a saber que é intenção da câmara comprar a antiga Albergaria Nobre, por cerca de 250 mil euros, e transformar aquele espaço numa residência de estudantes. Articulando essa intenção com o que foi dito há umas semanas pela presidente para o que pensa colocar na antiga FEIS, fica-se sem perceber afinal…

Ainda a execução orçamental

A semana passada, na reunião de câmara, a Cidália afirmou que este ano há menos cerca de um milhão de euros do que o ano passado do saldo de caixa para transferir. Usou esse argumento para defender a ideia de que foi feita mais obra do que o ano passado. Naturalmente que quando há o…

Limpar as praias

O lixo nas praias é fruto da inconsciência daqueles que gostam de estar de papo para o ar, mas se esquecem que precisam de levar consigo o lixo que produzem. Ontem o Sesinando levou a votos na Assembleia de Freguesia uma proposta para “Que a junta de Freguesia realize a primeira destas ações de limpeza,…