Problema resolvido!

Tchaikovsky começou uma sinfonia que nunca chegou a acabar. Lembramo-nos sempre disso quando lemos alguma coisa que tenha a ver com os Tocándar. Há anos que eles pedem uma sede. Há anos que as promessas vão sendo feitas. Há anos que tudo está igual. Sempre que se fala nos Tocándar parece que estamos perante algo…

Assembleia Municipal cozinhada

Na passada sexta feira reuniu pela primeira vez a Assembleia Municipal. Como era previsível, tudo o que foi proposto passou. Não deixou de ser interessante vermos do mesmo lado os que há três meses atrás estavam de costas viradas e a acusarem-se mutuamente do marasmo em que a terra caiu. A “coligação” entre o PS…

Atrasos e mais atrasos

Pelo que lemos nos jornais, o Aurélio anda preocupado com o tempo que alguns projectos demoram a ser apreciados na câmara e quer analisar os processos dos últimos dois anos. Não acreditamos que vá a tempo de fazer alguma coisa mas irá conseguir confirmar o que muitos já sabem: os processos na câmara teimam a…

Desonesto

Desonesto! É assim que o Logrado vem chamar o Álvaro esta semana no jornal. Quem assume um compromisso, dá a sua palavra e volta com ela atrás, é desonesto. Foi pelo menos assim que fomos ensinados a qualificar quem assim age. Claro que a versão que é apresentada pelo Curto é diferente mas não deixa…

Vergonha

Já não é a primeira vez que falamos nisso mas há alturas em que sentimos vergonha de vivermos aqui. Sabemos que toda a gente gosta de uma boa calhandrice mas há limites para a decência. Quando agora damos uma vista de olhos pelas redes sociais, em especial algumas páginas dedicadas aqui à terra, somos confrontados…

Devagar, devararinho

Somos do tempo em que uma ligação à internet era feita por uma linha de telefone normal por dial-up; em que conseguirmos aceder a um site em um minuto era muito bom ou em que descarregar um ficheiro de 1 Mb em quatro minutos era algo de muito bom. Hoje em dia tudo isso é impensável.…

Anuário financeiro

Foi ontem publicado o “anuário financeiro dos municípios portugueses” referente a 2011 e 2012. Nele vem também reflectido o que se passa aqui na terra. Não tendo nós conhecimentos de monta no que diz respeito a finanças, ressalta daquela análise que a TUMG teve resultados operacionais e resultados líquidos negativos. Pensamos que vale a pena…

Problemas de postura

Se há coisas com as quais não se brinca é com a saúde. Ontem, perto da hora de entrada na câmara ficámos preocupados quando nos cruzámos com o Amândio. Ficámos mesmo a pensar que ele estaria com algum problema de coluna e que estaria obrigado a usar aqueles coletes ortopédicos rígidos para correcção da postura.…

Meeeeedo!

Fomos há pouco dar uma vista de olhos no site da câmara. Fomos tentar saber as novidades da terra mas, como já é habitual, pouco ou nada encontrámos. Aproveitámos para ver se estava já actualizada a composição dos membros do executivo camarário e, para nosso espanto, já estava lá tudo. Esperemos não seja apenas agora…

“Quem não deve, não teme”

Tem sido noticiado que o sindicato dos professores tem avançado com o assunto da avaliação dos professores para tribunal. O assunto é discutível e os argumento de um e outro lado podem ser atendíveis. Se a medida que o Crato quer por em prática é ilegal, como os sindicatos alegam, desconhecemos. Sem que nos possamos…

E se…

As reuniões da câmara são abertas ao público mas sabe-se que, tirando um ou outro mais interessado nas questões da política, poucos serão os munícipes que irão estar nas reuniões. Sendo uma medida que pode dar uma ideia de alguma transparência, na prática trará muito poucas vantagens à generalidade dos munícipes. Como temos alguma dúvida…

Para ouvir e pensar

Durante todo o fim de semana lemos muitos comentários sobre o que disse César das Neves. Deixamos aqui o que foi dito para que cada um tire as suas conclusões e, sem fundamentalismos, pondere se o que ele disse justifica tanta indignação ou se houve apenas aproveitamento descontextualizado de parte do que foi dito. Concorde-se…

Copiar, colar

Depois do que aconteceu há uns tempos com o administrador da TUMG, nunca mais houve noticias sobre o que iria acontecer à empresa. Estes meses que passaram permitiram ver que a sua administração é simples uma vez que tem continuado a funcionar dentro da normalidade, sem ninguém a comandá-la. Depois dos anteriores membros da câmara…

Se fossemos nós!

Passou mais de um mês desde as eleições e várias semanas desde a tomada de posse e só agora se sabe o que cada um vai fazer na câmara. A “coligação” existente pode ser boa para a terra mas é tudo menos natural! Se alguns apenas agora entram, há os que já há muito lá…