Os passeios

Como já escrevemos antes, parece que abriram as portas dos depósitos de alcatrão e estão a reparar o que há muito necessitava de ser reparado. Hoje quando passávamos por uma das estradas que levou uma camada de alcatrão deu para perceber o quão mal o trabalho está a ser feito. Em vez de ser removida…

As comparações

A câmara hoje decidiu fazer publicações onde coloca duas imagens, uma antiga e uma recente dos locais onde estão a colocar alcatrão. Segundo o Testa é uma “modo mais visual de vermos o impacto que algumas das obras mais recentes têm tido no concelho da Marinha Grande”. Temos que admitir que ainda não percebemos muito…

Quem é responsável?

Há pouco lemos um texto que é o resultado da reunião da concelhia do PS em que se congratulam pelo facto de ir ser colocado aqui o Departamento Nacional das Matas. No texto referem que nunca deveria ter saído daqui e que “não fossem as políticas de abandono da Mata Nacional e de desmantelamento da…

“Sprint screen”

Desde a última assembleia municipal que está pendente um assunto que envolve a bandeira do concelho e o pedido que foi feito por um atleta. A versão do atleta é a de que a pediu, mas não foi entregue. A Célia disse que nada lhe foi pedido. Disse que tinha os “sprint screens” das mensagens…

Em dois dias…

Sobre a questão das obras no centro de saúde é interessante ver a forma como a autarquia lida com o assunto. No início da semana houve problema com as obras e todos, médicos, enfermeiros, funcionários e utentes foram para a rua por ser impossível estar lá dentro. Enquanto isso os médicos aconselhavam os utentes a…

Vereador do asfalto

No início do segundo trimestre de 2016 o então presidente anunciou que ia asfaltar o concelho. Era mais de um milhão e meio de euros, 52 quilómetros e 142 ruas que iriam ser asfaltadas. Não se viu que isso acontecesse. O asfalto ficou na gaveta juntamente com os projectos. Hoje em dia é o Caetano…

Uau!!!

Quando ontem lemos uma publicação da câmara no Facebook ficámos com a sensação de que tínhamos voltado uns anos atrás, numa daquelas aldeias do interior. Isto porque a presidente da câmara se dá ao trabalho de comentar a decisão de um qualquer banco de aceitar colocar uma caixa multibanco na Vieira! É sem dúvida um…

E fazer bem feito?

Há uns ias escrevemos sobre o estado em que se encontra a zona industrial. O mato fazia parecer que estávamos a entrar numa zona inabitada. A semana passada andaram por lá a fazer aquilo que deveria ter sido feito há muito, cortar o matagal existente. Passaram já vários dias desde que por lá andaram e…

Quem nasce torto…

Com a época balnear em pleno, pelas bandas da Vieira há um exemplo do que é a desatenção com os detalhes e que mostram o quão pouco os nossos autarcas se preocupam em dar uma imagem boa do concelho. Ali bem entre as barracas que foram colocadas está um belo exemplar que mostra que quando…

Assim está a saúde!

No momento em que escrevemos este texto são 15:45 de terça-feira, dia 9 de Julho. Acabámos de ser atendidos na rua por um médico que nos explicou que no centro de saúde fecharam tudo porque houve um “pequeno” erro de planeamento que levou a que as rebarbadoras não ficassem silenciosas nem o pó fosse acalmado…

Tarde

Muitas são as vezes que se ouve dizer que na câmara tratam tudo em cima do joelho. Do lado de quem decide a desculpa é sempre da morosidade dos concursos, nunca sendo sua a culpa dos atrasos. Em S. Pedro começaram a fazer a reparação dos passadiços. A responsabilidade não é da câmara, mas entende-se…

Época balnear

A época balnear aí está há, mas há locais onde parece que não começou. Em S. Pedro, durante o fim-de-semana, um dos locais que é gerido pela autarquia estava inacessível. As fitas que se vêm na imagem impediam o acesso dos que ali fossem. Não deixa de ser mais uma pedra no sapato de uma praia castigada ao longo dos últimos anos.

Notas de pesar

Pode dizer-se que a tragédia se abateu sobre a autarquia com o falecimento de uma vereadora. Foi um momento de “profunda consternação e tristeza para toda a Câmara Municipal” como afirmou a presidente em resposta à nossa nota de pesar enviada à autarquia. A câmara esteve ao nível que se esperava ao decretar o luto…

Luto

Todos os autarcas nos merecem o maior respeito, concordemos ou não com a sua forma de estar na política. Por respeito pelo falecimento da vereadora Melina, vamos encerrar o Largo durante o período de luto municipal que foi decretado entre os dias 8 a 10. Apesar de não irmos fechar os comentários, pedimos que seja respeitado o luto municipal decretado.