Por usar

Há muitas semanas que quem passa pelo ‘barraco da música’ vê a obra concluída. Poderia dizer-se que falta isto ou aquilo, mas aparentemente tudo está feito. Ainda assim, não lhe é dado uso. Não é estranho que uma obra da câmara não seja concluída dentro do prazo porque não temos lembrança de que alguma o…

Não há almoços grátis

A imagem de capa do Facebook da câmara foi actualizada há pouco com o que parece ser a programação para o dia 27. Não está nada na agenda cultural do mês pelo que ou se trata de engano ou de um espectáculo surpresa! Mas a surpresa vem quando se vê esta alteração de capa duas…

O plágio

Quando há umas semanas se teve conhecimento de qual ia ser o slogan da campanha da Cidália houve algo que nos soou a familiar. Quando ouvimos os slogans de campanha esperamos sempre por algo inovador, algo que tenha a ver com a terra ou que seja próprio dos candidatos. Há pouco percebemos porque motivo o…

O perigo à porta

Ontem aconteceu o que há muito era previsível. Uma árvore caiu em cima de um carro que passava no Canto do Ribeiro. Dirão alguns que foi apenas azar, mas é mais do que isso. A entidade responsável por cuidar das matas não o faz. A câmara preocupa-se em colocar asfalto nos locais onde o rali…

Os candidatos à Assembleia

O debate entre alguns dos candidatos para a Assembleia Municipal pode dizer-se que foi o primeiro debate a sério, onde os candidatos se confrontaram. Quase pareceu que estávamos a ouvir discutir-se política. A não comparência da candidata da AD, apesar do comunicado enviado, mais esta ausência mostra o desinteresse pelo concelho. Dos presentes há alguns aspectos…

Ingovernabilidade

Se por um lado a Cidália pede que lhe seja dada maioria, sabe-se que esse é um cenário altamente improvável. Estivemos a fazer várias simulações tendo em conta o método de hondt e uma maioria, seja para quem for, exige que esse partido ou movimento consiga obter os mesmo votos que em 2009 o PS…

Situações caricatas

Há imagens da campanha que são estranhas. Naturalmente que os candidatos se devem dar todos bem, devem ser amigos e deixar as lutas partidárias de lado quando se trata das suas vidas particulares, mas há situações que nos deixam intrigados. No fim-de-semana houve duas imagens que levam qualquer um a pensar o que é que…

As escolhas estranhas

Nas muitas dezenas de nomes que compõem as listas dos diversos concorrentes aos diversos órgãos pelas diversas candidaturas, há aqueles que surgem sem que se perceba o motivo. Há mudanças de camisola desde há quatro anos para o dia de hoje, há quem marque jantares para que pessoas que não se falavam voltem a falar…

Por adivinhação

Nem sempre temos necessidade de usar a TUMG, mas, de quando em vez, lá tem que ser. Como frequentadores esporádicos dos serviços daquela empresa, não conhecemos as linhas, por onde passam e quais as paragens que nos podem interessar. Fizemos o que é normal fazer-se: fomos ao site da TUMG. Mais valia não termos ido!…

Quem vê caras…

Há uma ideia mais ou menos generalizada que a candidata do PS é um doce de pessoa, tão doce que até adoptaram como slogan o coração. Mas o povo diz que quem vê caras não vê corações e parece ser o caso! Aqueles que estão mais ligados ao desporto e acompanham o que aqui acontece…

Recusa de instalações

Dia 19 o Jerónimo vem cá dar um apoio à candidatura da CDU. Como se sabe, todos os locais públicos são susceptíveis de serem usados nas campanhas eleitorais. Já antes a Cidália tinha feito queixa à CNE pelo facto de a Alexandra ter distribuído propaganda na câmara. Teve como resposta que todos os locais são…