Lido por aí CXXI

“No recente debate entre os candidatos à Junta, nos bombeiros, com boa intenção é certo, e até sem maldade, o único que respondeu com verdade, foi criticado. Senão vejamos: Apesar de todos estarem disponíveis a tempo inteiro, as freguesias têm, recentemente, regime remuneratório, a Vieira, pela sua dimensão, só tem direito a meio-tempo, cerca de…

STOP

Algures na Vieira há uma nova forma de regular o transito. Sabe-se que um sinal de STOP obriga a que quem o vê pare. É por isso que um sinal de STOP tem que estar colocado no exacto local onde o condutor deve parar. Quem coloca os sinais achou que quem circula naquela via deve…

Ele há coincidências!!!

Há muitos que dizem que a Cidália, caso ganhe, irá ser uma marioneta nas mãos dos que verdadeiramente mandam no partido. Hoje, no Pilado, a verdade parece ter-se revelado, ainda que contra a vontade de quem conduz a campanha. Por razões que se desconhecem, um dos cartazes de campanha da Cidália rasgou-se e, eis senão…

Meio tempo

Há pouco lemos um texto indignado de defesa da vereadora Cidália porque ontem, no debate, terá sido feita referência ao facto de ela estar a meio tempo. No texto pode ler-se que a vereadora recebe a meio tempo, mas exerce funções como se estivesse a tempo inteiro! Já sabíamos que ela estava a tempo inteiro,…

Ultimo debate

O último debate terminou e, tirando a péssima prestação do candidato da AD, os demais candidatos foram iguais ao que já deles era esperado. Dos que podem disputar o poder, não é fácil dizer-se que tenha havido quem se tenha destacado. As ideias foram as que são já conhecidas. O Paulo não esteve mal, mas…

Nódoa

O último debate terminou e há quem se tenha destacado, pela negativa. O candidato da AD foi o que se esperava. Percebeu-se porque não apareceu nos restantes debates. Foi uma nódoa. Não é fácil classificar o que foi o seu desempenho de outro modo. Destacou-se, não há dúvida! Não esperámos que fosse tão mau.

Assim não!

Hoje tivemos conhecimento que um dos candidatos à câmara por um dos partidos foi alvo de ameaças de morte. Ao telefone pôde ouvir “eu mato-te, eu mato-te“. Pelo que sabemos já foi dado conhecimento às autoridades do sucedido e espera-se que o autor das ameaças possa vir a ser identificado. Não sabemos que motivações estão…

O ausente

O debate de ontem com os candidatos da Vieira trouxe uma novidade. Aquele que nos parece ser o candidato melhor posicionado para vencer as eleições afirmou que, se ganhar, não irá estar em exercício exclusivo de funções na Junta. Não se trata de uma Junta que dê pouco trabalho ou que onde se possam exercer…

Bater no fundo

Não fazemos ideia como será a parte mais funda do planeta, mas imaginamos que não seja agradável. Há, no entanto, várias formas de bater no fundo. Hoje ficaram-se a conhecer quem são os elementos que o + Concelho quer colocar no “conselho consultivo”. A ideia pode até ser boa não fosse o facto de muitos…

Quando o telefone toca

Decidimos fazer uma consulta por telefone para ver o que obtínhamos como resultados. Desde cedo que estamos ao telefone. Escolhemos 500 números de telefone fixo, escolhidos aleatoriamente. 370 da freguesia da Marinha (procurámos que todos os lugares tivessem o mesmo número de chamadas), 130 da Vieira e 50 da Moita. Colocámos as seguintes questões: Está…

Dois erros

A campanha está aí e vale quase tudo, mas não tudo! Hoje é noticiado uma afirmação do Aurélio que diz ter tido “mais de 700 pessoas” no jantar de campanha. Não sabemos se foi má interpretação do jornalista ou exagero do candidato, mas é um facto que não estiveram 700 pessoas, como aliás a nota…

‘Dux’ da CDU

Agora que começou oficialmente a campanha, as diferentes candidaturas começam a divulgar os candidatos. Qual a surpresa quando vemos que um dos candidatos é, aos 37 anos, estudante. Nada há contra quem estuda a vida toda, mas é estranho que alguém que pode decidir o futuro do concelho tenha como ‘profissão’ aos 37 anos a…

Assunto esquecido

Já são conhecidas as ideias centrais de quase todos os que se candidatam à Câmara e Junta. Demos já uma leitura aos seus programas eleitorais e há uma semelhança em todos: há um assunto esquecido. Ninguém fala na questão dos elementos de etnia cigana que habitam no concelho. Sem hipocrisias, ninguém quer ter como vizinhos…

Seca

No debate da semana passada entre os candidatos à Assembleia Municipal o Wilson afirmou que as reuniões da assembleia são uma “seca”. Voltou a fazê-lo na reunião de segunda-feira. Quem o ouve falar poderá até pensar que estamos no meio do deserto! Em certa medida por vezes sente-se que há um deserto de ideias e…

Arranque fraco

Na segunda também a líder o BE esteve aqui no concelho para dar o tiro de partida nestas eleições. Não se pode dizer que tenha sido muita a audiência e muitos os presentes! Se de algum modo ficámos há dias com a ideia de que poderia sair dali uma surpresa, a quantidade de apoiantes que…

Afinal, que se passa?

Não foi numa sala esgotada que ontem o Jerónimo deu início à campanha da CDU. Foi um arranque de campanha que não encheu o coração de quem ali esteve. Outrora as alas da sala estariam cheias, mas desta vez até lugares vazios havia. Numa sala com capacidade limitada aos 250 lugares, nem esses foram preenchidos!…

Programas eleitorais

Solicitámos às diversas candidaturas (ou seus representantes) que nos fossem facultados os programas eleitorais. Alguns programas já o foram, outros obtivemos o que conseguimos. À medida que foram facultados ou obtidos, serão adicionados. Podem ser lidos neste link. A ordem dos programas tem apenas a ver com o momento em que foram por nós obtidos.…

Esquecimento

Está já anunciado que dia 27, 4 dias antes das eleições, vão ser feitos dois espectáculos gratuitos, um nos jardins e outro na Casa da Cultura. Pelo que foi possível apurar, esses espectáculos são subsidiados e fazem parte de um pacote que foi aprovado e que obriga a que um número determinado de concertos seja…