CMMG

Hoje a Célia assumiu que é incompetente, mas que não sai da função que tem, invocando o que aconteceu no mandato anterior com a Alexandra quando a ‘coligação’ caiu. Disse-o, porque tinha aquilo engasgado há muito tempo, como se a sua manutenção na função fosse algo de meritório. Assumir-se que se é incompetente, mas que se mantém no cargo não é sinal de inteligência, antes pelo contrário. É o expoente da incompetência, incompetência que não lhe permite ter sequer a competência para ver que não está a fazer bom trabalho. A esse propósito lembrámos da carta educativa que, estado no seu pelouro, não viu a luz do dia. Mas percebe-se que é um problema de todo o executivo. Já no mandato anterior a Cidália arrumou esse assunto para um canto tal como arrumava aquilo que dava trabalho. Essa forma de estar arrastou-se e hoje viu-se que tentam andar a tapar buracos por incapacidade de fazer bem feito. Aliás, a incompetência ficou patente quando a Ana e a Alexandra de pronunciaram sobre um parecer do jurídico da câmara que mostra apenas aquilo que todos sabem. A girl que chefia aquela divisão não tem competência para estar no lugar, anda à procura de outro pouso – coisa que não está fácil – e como a Cidália acha que ela está bem relacionada no seio do PS não tem coragem ou o discernimento para lhe por os patins há muito devidos. Mas é normal que ao lado de incompetentes proliferem aqueles que pouco sabem, primeiro porque sabem que não serão repreendidos, segundo porque que está acima não consegue reconhecer o que está mal. E assim vão fazendo as coisas, empurrão de um lado, cotovelada de outro a ver se tudo passa sem grande alarido. Aliás, é interessante ver-se que agora até aprovam apoios sem que antes esteja presente toda a documentação, coisa que no mandato anterior, com mais rigor, era exigido. Saber sair de cena é uma virtude e quando alguém reconhece ser incompetente e é mantido por quem tem o poder de distribuir os pelouros, tais comportamentos qualificam todo o executivo.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

13 comentários

  1. Esperamos de vêr as listas para as proximas eleições;com tanta gente inteligente, pois só o executivo é incompetente, esperamos pelos “inteligentes”.

  2. Esperamos é uma bela de uma inspecção a esses apoios e aos primos do partido, o mais urgente possível! O que espera a oposição?

    • Vão isentar as do primeiro período deste ano letivo? Ou vamos ter de pagar quando chegar a fatura de setembro até sabe-se lá quando?

      • Prepara-te porque vais ter de pagar porque esta isenção foi proposta para resolver a incapacidade dos serviços passarem as faturas mas dificilmente vai ter lugar porque não há lei que permita à câmara dar a isenção.
        O chefe da divisão ainda vai chorar para a reunião de câmara a dizer que não tem pessoal que chegue para passar faturas. Mas esqueceu-se de dizer que tem exatamente o mesmo número de pessoas que tinha a anterior chefe de divisão, que podia ter muitos defeitos mas nunca deixou chegar isto ao estado em que está. É lamentável que até a Alexandra caia na canção do bandido. E ainda vem a Célia dizer que é incompetente e está lá. Pois o problema é esse, é estarem todos lá. Se tivessem dado lugar a quem sabe fazer não tinhamos chegado ao estado em que está.
        Quem se vai lixar são os pais que vão ter de pagar tudo de uma vez ou andar a pagar refeições a prestações. Ao que chegamos…

  3. Mas alguém está a ler isto? Será possível? Estou a ler bem?! Sou só eu que acho isto tudo inacreditável e uma grande trapalhada?! Então a câmara tem dificuldades em emitir faturas e vai daí, a solução é isentar o pagamento?! Então e se tiver dificuldade em emitir faturas de água? Isenta também? E de saneamento? E as licenças de construção?
    Mas que raio de gestão é esta?!
    E se não conseguirem isentar (inacreditável a solução) como é que vão fazer para emitir as faturas que não conseguem emitir e ainda fazer planos de pagamento e o controlo dos mesmos? Porque é que emitiram faturas, que me lembre na segunda metade de outubro e agora não conseguem? O que é que mudou? O que é que é preciso mudar? Não é por aí que deviam começar? Como vão fazer com o resto do ano? E não podiam trabalhar dois ou três sábados para resolver o problema?
    Se em qualquer negócio privado eu não conseguir emitir faturas o resultado é a falência…
    Isto é de rir, mas não tem graça nenhuma! Estou incrédulo com a leviandade com que se lida com problemas desta natureza.

    • Está a nu a incompetência desse outro boysinho que a Cidália foi buscar ao IPL depois do Alvaro o ter demitido por manifesta incompetência e por ter tentado interferir nas opções políticas do executivo de então.
      Está á vista a incompetência desse Jerónimo
      O Alvaro teve-os no sítio e colocou esse pavão no seu lugar.

  4. A função pública neste país, é púbica!!! Fazem de nós, uns coñas!
    Isto é obsceno.
    Um depósito de parasitas partidários… Pagos a preço de ouro, por um serviço que não serve a ninguém, se não eles próprios no fim do mês. Miséria!

  5. Esse chefe de divisão é o bijou das vereadoras que tiveram este pelouro, desde a Cidália, Alexandra e agora a Celia, sempre gostaram de ter um biblou naquela divisão. Competência 0 zero, mas o tipo até é jeitoso e então esconde-se incompetência pela “ beleza” do gajo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário