AlexandraBritoCMMG

As reuniões de câmara transformaram-se num espectáculo pouco digno para a democracia. Em vez de serem um local digno, transformaram-se quase sempre num circo onde os intervenientes desempenham papeis que nada os dignificam. Ontem o Brito conseguiu transformar a reunião de câmara em algo que temos dificuldade em qualificar. Até se compreenderia que pudesse querer desejar boas festas aos eleitos e munícipes que estivessem a assistir com uma canção de Natal. Não seria muito próprio, mas seria uma forma original de celebrar a quadra estranha que vivemos. Mas não! Colocou uma letra ‘mal amanhada’ numa melodia de Natal. Como se não bastasse o Brito, a Alexandra seguiu-lhe o exemplo! As reuniões de câmara perderam neste mandato toda a dignidade que outrora tiveram e que deveriam ter. Não é necessário os eleitos da oposição baixarem ainda mais o nível já baixo das reuniões, transformando o circo que têm sido as reuniões num espectáculo artístico de qualidade duvidosa. Claro que a musica é uma forma de expressão como também o é a pintura, mas ninguém concebe que um eleito possa comparecer numa reunião apenas ‘vestido’ com uma pintura no corpo. Há limites que não devem ser ultrapassados e ontem eles foram-no em vários momentos, vindos de vários locais.


Seguir
( 4 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

25 comentários

  1. Com humor também se pode fazer política! Os cantos do Brito e da Alexandra até ajudaram a desanuviar o mau ambiente que a Cidália conseguiu criar com a tentativa de humilhação das vereadoras da CDU. Aí sim, o nível baixou muito oh Cidália. A cantoria alegrou. Gostei.

    2
    3
  2. Não compreendo onde está o mal… A letra não falta ao respeito a ninguém não diz mentiras… Até acho engraçado a maneira que o mpm passou a mensagem. Se a oposição é fraca por dar música a presidente o que nós população não vamos de fizer exutivo PS pelo filme de terror que tem sido este mandato

    1
    2
  3. Não compreendo onde está o mal… A letra não falta ao respeito a ninguém não diz mentiras… Até acho engraçado a maneira que o mpm passou a mensagem. Se a oposição é fraca por dar música a presidente o que nós população não vamos dizer doexutivo PS pelo filme de terror que tem sido este mandato

  4. Não conheço mais nada para além deste post. Mal conheço pessoalmente o Nuno Brito, talvez em miudo o tenha conhecido. No entanto conheço o seu percurso como cantor e professor de musica. Não é um fanco atirador que canta umas coisas. Parece-me que este post o minímisa. Talvez merecesse mais atenção, mas como costume “santos da casa…”

    • Caro manel. Não colocámos as qualidades artísticas do Brito em causa, mas tão somente a oportunidade de as por em prática. Mantemos que não nos parece ter sido apropriado.

  5. Para contrariar este ambiente depressivo em que vivemos, só mesmo algo deste género para nos poupar a tristeza a que este executivo nos submete.
    Haja alegria, haja Casal Garcia!

  6. O resultado está à vista, é o que acontece aos movimentos em nome individual, falta o chefe, e tudo começa
    a descambar. Um falta de respeito pela política e pelos lugares que ocupam. As reuniões não são festas privadas para cantiginhas, são para trabalhar em prol da população.

    4
    1
  7. Olho para a actual composição da Camara, presidenta, vereadores com pelouros e sem pelouros e não reconheço a nenhum deles capacidade e competencia para ocuparem os lugares que ocupam. A verdade é essa. Eu teria vergonha de me prestar a tais papeis.

    4
    1
  8. Também não gostei desta postura dos Vereadores do MpM e CDU, mas comparado com a postura da Presidente da Câmara foram uns meninos de coro.
    O que a Presidente fez ás Vereadoras da CDU ultrapassou tudo o que poderíamos imaginar do mais baixo nível.
    Alguém que diga à Presidente da Câmara que assuma o cargo com compostura e o mínimo de educação, já que exigir competência é coisa que a D. Cidália Ferreira nunca vai ter ou adquirir.

    1
    1
  9. O Brito abre e fecha a boca quando lhe mandam. A Ana, parece a professora Cidália:
    “Agora o meu colega vai fazer uma intervenção”
    “Agora o meu colega vai fazer uma mensagem de Natal”
    “Agora o meu colega não vai dizer nada”
    Tudo gente fraca.
    E o Brito num dia está a cantar em cima dum camião pago pela camara e no dia a seguir a fazer um número de circo a mando dos seus coleguinhas. A troco de quê?

  10. Sendo assim esse Brito anda a viver a custa da câmara e depois de forma hipócrita vem fazer cantiguinhas sobre
    o orçamento que lhe paga.
    Santa ingenuidade.
    O mpm pode arrumar as botas.

    4
    2
  11. Um movimento muito amador, sem uma estratégia delineada e um grupo de pessoas com ideias e algum traquejo na escrita e oralidade para fazer expressar a diferença. Não basta serem boas pessoas com boas intenções. Ser político é muito mais. Por isso há que voltar à escola e treinar! O que aguardam?

    • Voltar à escola…a que escola se refere ?…para aprender artimanhas que possam convencer os munícipes que se está a trabalhar quando não se vê nada de importante feito ?

  12. Parece-me que o MPM começou outra vez a incomodar muita gente, de tal forma que voltou a ser o alvo de crítica gratuita e destrutiva preferido. Terá a ver com o ressurgimento da Ana Monteiro? Parece-me que sim.

    1
    1
  13. Incomodar? Quem? Desde quando os disparates incomodam? O máximo é fazerem rir pelo ridículo. Incomodaram com alguma proposta?ou são as críticas de sempre sem alternativas?

    1
    1

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário