Quase lá!

CuriosoCMMG, Covid6 Comentários


92 é o número a partir do qual passaremos a integrar o grupo de concelhos aos quais são aplicadas restrições no âmbito do plano de combate à pandemia. Hoje estamos a 7 casos de podermos entrar nesse grupo de concelhos. Na última reunião de câmara ouvimos o Caetano dizer, e bem, que havia necessidade de tomar medidas para que se combatesse o vírus e a sua progressão no concelho. Depois de ouvirmos isso e de sabermos que a Cidália tinha convocado reunião dos eleitos para a sexta, a que passou, pensámos que estaria já em curso um plano para que pudessem ser tomadas as tais medidas. A reunião teve lugar e, pasme-se, o executivo permanente não tinha medidas para apresentar. A Cidália chegou ao ponto ridículo que afirmar que tinham já as medidas, mas queriam primeiro ouvir as da oposição, como se se tratasse de uma birra de crianças em que ‘só digo se tu disseres primeiro’. Conclusão: nada foi decidido. Ou melhor, decidiram voltar a reunir na sexta para analisar medidas! Apesar do que o Caetano afirmou, não existe nenhum plano na câmara para combater a pandemia a nível concelhio e os números estão a aumentar. É absolutamente espantosa a incapacidade que o executivo tem de tomar medidas quando elas são necessárias. Como é que o Caetano quer evitar que atinjamos o limite de números que nos fará entrar na lista dos concelhos em perigo se não são capazes de tomar as medidas que ele disse que são necessárias? Numa situação urgente como aquela em que vivemos, o executivo anda a empurrar com a barriga a tomada de medidas concelhias. É vergonhosa a forma como a autarquia está a lidar com este assunto (que não é diferente da forma como lida com quase tudo o resto), sendo manifesta a incapacidade que mostram de encontrar uma solução. Com os números a crescer, o executivo deve estar ainda a ler a única publicação que fizeram com os números de casos! Aliás, é espantosa a falta de informação que é dada em relação ao número de casos activos no concelho. Noutros podemos estar sempre informados sobre a real situação concelhia, mas aqui é o silêncio que impera. A verdade é que estamos quase lá, no número ‘mágico’, e nada é feito para tentar fazer com que os números não cresçam, seja porque são tomadas medidas mais duras, seja porque se ensinam professores a não ir dar aulas quando têm febre depois de um auxiliar ter acusado positivo (como foi o caso da escola da Ordem).


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 Comentário em “Quase lá!”

  1. Avatar

    Dr. Araújo, o que pensa sobre este comentário? É verdade que a Cidália não apresentou medidas em pleno mês de novembro e que aguarda propostas da oposição? Até quando?

    1. Avatar

      Não critiquem o senhor ex-padre. Se não fosse o tacho na câmara ia fazer o quê? A agencia de viagens não tem que fazer e ele não sabe fazer nada. O mesmo se diga em relação ao Testa. Tem um curso, mas nunca trabalhou. Viveu sempre colado ao partido. São uns inúteis que escrevem umas linhas nos jornais e acham que são alguém. Trabalho, nunca foi coisa que quisessem. A Cidália está rodeada de inúteis que nunca trabalharam.

  2. Avatar

    Esta Cidália é pior que o vírus, a sua incompetência é viral e está a tornar-se pandémica lá para os lados da Praça Stephenes.
    É uma vergonha esta Câmara, nunca tal se viu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address