Segunda vaga

CuriosoCMMG, Covid, PS24 Comentários


Como todos os especialistas anunciaram, a segunda vaga está aí. Os números não mentem. Apesar de alguns idiotas continuarem a olhar para o lado, ela está aí. Por cá os casos aumentam em equipes desportivas e até em alunos que estão já impedidos de ir às aulas. Referimos idiotas e eles há-os por todo o lado. Há duas semanas foi falada a possibilidade de os eleitos reunirem para tomarem decisões. Para o dia que esteve agendado a Ana não pôde, sugeriu datas, mas a Cidália preferiu ir ao congresso do PS (sempre a olhar para o telemóvel) do que reunir com os eleitos para que pudesse tomar medidas de prevenção da segunda vaga. A reunião que foi adiada ainda não irá ter lugar esta semana, mas possivelmente só na outra, o que é, de facto, espantoso. Quando escrevemos que há idiotas que negam ainda a existência pandemia, esquecemos de referir que há os que não tomam medidas a tempo. Idiotas há-os em todos os lugares, alguns até são eleitos! Seja como for, uma vez mais se vê que a presidente da autarquia está mais preocupada com o seu partido do que com o que pode vir a acontecer no concelho, concelho onde os casos aumentam. Nunca não poucos eleitos com poder fizeram tão mau trabalho. Bem pode o Caetano por fotos do arranjo da ciclovia e até surgirem os acólitos que dar os améns, que não é isso que limpa a imagem de incompetência que os envolve. O Caetano por as fotos do arranjo da ciclovia é o mesmo que um cirurgião publicar fotos dos pontos que teve que fazer depois de uma operação de barriga aberta, coisas inevitáveis que não acrescem nada ao que tinha que ser feito.


Seguir
( 6 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

24 Comentário em “Segunda vaga”

  1. Avatar

    Coitado do Caetano, a Cidália não o deixa sair sequer no intervalo entre aulas para fazer xixi… Os pupilos não se esqueçam que ela ainda dá reguadas a quem se porta pior do que ela!!

    5
    2
  2. Avatar

    Lamentável, são estas nulidades fazerem show-off de uma coisa banal, como seja, a manutenção de uma infra-estrutura…
    Perceb-se bem porque nunca conseguiram alavancar um negócio. São básicos, e só fazem alarido daquilo que é uma coisa básica… Manter uma infra-estrutura a funcionar. Como se pavimentar uma rua, fosse uma coisa de outro mundo.
    Básicos.
    Os lacaios metem nojo, numa bajulação ridícula. Ridículos!

    5
    2
  3. Avatar

    Se não fazem, deviam fazer.
    Se fazem e dão a conhecer que fazem, não o deviam ter feito.
    Há quem consiga ser contra e a favor da mesma coisa e vice versa, na mesma frase, no mesmo contexto e na mesma diarreia dialética.
    Repetir até a exaustão mentiras, impropérios e disparates, é a arma dos fracos e dos anemicos intelectuais.
    Ofender e denegrir. Isso nunca pode faltar.
    Contribuir e ter iniciativa para fazer acontecer, ter CV próprio, longe dos favores familiares ou das hordas sociais, isso é que não.
    Arre!
    Chamem o Fernando Correia Marques: “Quando eu quero ver aquele amor meu, chamo o burrito e lá vou eu”.

    3
    3
    1. Curioso

      Caro Anónimo. Numa altura em que a pandemia dá sinais de regressar, sabermos que uma obra está a ser feita, porque deveria estar já executada, não nos entusiasma. Ficaríamos bem mais tranquilos se soubéssemos que o executivo camarário já se tinha sentado para discutir um problema de saúde pública que é sério.

      7
      2
      1. Avatar

        O Curioso ficaria muito mais satisfeito era que nem a obra estivesse a ser feita como os números de infetados pelo Covid fossem o dobro. Ora temos uma obra que parece desvalorizada pelo timing mas que vai melhorar em muito a qualidade de vida para os lados de São Pedro de Moel como os casos de infetados pelo Covid não têm aumentado na Marinha Grande. Na totalidade dos infetados 80% são assintomáticos, 10% têm sintomas de uma gripe 6% estão internados sob observação e só 4% estão nos cuidados intensivos. Agora eu pergunto será que ter uma população alarmada é o melhor remédio para o problema ou continuarmos todos nós a ter a preocupação das boas práticas de higiene e distanciamento continuando a fazer a nossa vida o mais normal possível. Apontar o dedo a um executivo por não debater um problema que não se demonstra nos números locais e assobiar para o lado na presença da má conduta social como se viu em Fátima este fim de semana é no meu ponto de vista uma opinião de propaganda politica e de tentativa de desgastar este executivo com artimanhas pouco sérias e a roçar o insulto democrático. Continuamos a ter os aziados que e os profetas da desgraça que só têm delírios prazerosos quando tentam arranjar mais um pretexto para criticar a Câmara Municipal. O tempo irá vos dar a resposta que merecem pois tudo o que é demais começa a cheirar mal.

        3
        2
        1. Curioso

          Caro Anónimo. Na medida em que copia os argumentos do Trump, não é necessário sequer entrarmos em diálogo já que o seu argumentário está perfeitamente percebido.

          2
          3
        2. Avatar

          Caro Curioso para ter razão não tem que comparar um simples anonimo ao presidente de uma potência mundial. As economias não crescem e não sobrevivem do ar nem do medo de enfrentar os obstaculos da vida. Comparar a Marinha Grande a qualquer estado federado dos EUA é no minimo cómico. Comparar os resultados de infetados do concelho com uma cidade Americana é no mínimo preocupante a onda de falta de cultura social. Mas quando lemos todos os posts que aqui publicitam. Quando nos damos conta que nunca e repito nunca vi o curioso vir em defesa de quem gere o Municipio com um unico objetivo de promoção de terceiros e desgaste intensivo da gestão PS, começa a perder a pouca credibilidade que tem e que só serve para alimentar os egos dos frustrados e ressabiados politicos.
          Mas continue com este tom de musica pois tudo o que é demais acaba por enjoar.
          Cumprimentos.

          3
          2
        3. Curioso

          Caro Anónimo. Não precisamos de dizer bem do executivo. Eles encarregam-se de o fazer com os nossos impostos.

          1
          3
    2. Avatar

      Bom comentário para advogado de defesa. Está mesmo mal, quando alguém tem de vir a pública fazer defesa de algo que nada tem a defender. Existe um concelho à deriva, chama-se Município da Marinha Grande.

      3
      1
    3. Avatar

      Oh Neusu, deixa-te disso. Sabes bem que o que seria desejado seria as obras aparecerem feitas sem de fazer alarido disso.

  4. Avatar

    Estes autarcas são do mais básico que existe!
    O seu trabalho resume-se a uma actividade administrativa, que deveria ser executada por um técnico. Uma estrada com buracos, não precisa de um vereador a autorizar a sua reparação. Só faltava o presidente de uma empresa, ter de autorizar compra de papel higiénico, canetas, ou o arranjo de uma porta. Sejamos sérios.
    Produtividade zero!

    7
    3
  5. Avatar

    Ainda bem que NUNCA iremos ter esses pseudo “presidentes de empresas” a gerir o bem público.
    Porque o atropelo as normativas legais seria absoluto e de natureza diária.
    Uma coisa é o défice de assertividade ou liderança, outra o desesrespeito total pela legislação em vigor. Infelizmente, os quesitos em torno das obras públicas, para além de técnicos, são demasiado burocráticos. Fazer de conta que não se sabe disto é ser ignorante ou mal intencionado. Ou ambas.

    3
    1
    1. Avatar

      Gerir o bem público!?!?!?
      Para fazer isso, metade dos funcionários públicos iriam para a rua, metade dos municípios bastavam, bem como metade do Estado.
      Assim fosse possível, provavelmente estarias na rua, e assim poupariamos os milhões em salários pagos a Incompetentes e clientelas partidárias.
      Sobraria, para investir na saúde, nas escolas e na segurança… Ou seja, onde verdadeiramente faz falta investimento, condições e salários condignos aos profissionais que verdadeiramente fazem falta. Não em clientelas e jobs for boys! Capice!?
      E já agora, diminuindo o roubo em impostos que o Estado impõe ao povo!!!
      Esta lenga-lenga socialista, tem os dias contados. O povo vai abrir os olhos!

      2
      2
  6. Avatar

    A Marinha Grande não precisa de câmara nenhuma!
    Aquilo é somente uma agência de emprego, de clientela comunista e socialista.
    Estaríamos bem melhor, como freguesia de Leiria.

    5
    1
  7. Avatar

    Estranho a Cidália não pôr como chefes os seus entes queridos lá de casa! Até o filho do namorado da mãe vai ter direito a piscina munipal segundo ouvi pelo próprio!! Ai está a ficar bonito este regabofe socialista… Não ponham mão e andamos a pagar as férias no estrangeiro àquela gente!

    1. Avatar

      É vergonhoso saber que o dinheiro dos contribuintes serve para favorecer os mais próximos desta senhora.

      2
      1
  8. Avatar

    Que língua de comentadores por aqui andam: “O neto tem direito a piscina” ignorantes, não se sabe a localização da mesma, não se conhece o projecto, tem que se lançar concurso público, em fim…

  9. Avatar

    Anónimo das 16:50, não se importa de explicar aqui ao pessoal que tal como eu ainda não sabe, quem é afinal o filho do namorado da mãe?

Leave a Reply