A estratégia burocrática

CuriosoCidália, CMMG, Covid2 Comentários


Ontem a Cidália pediu que o Governo ponha mão num dos problemas, a burocracia. Claro que é indiscutível que esse é um dos problemas do país, entre muitos outros. Mas foi quando a ouvimos pedir para reduzir a burocracia para que tudo funcione mais rapidamente que nos lembrámos que estamos ainda no meio da pandemia e que a câmara que a Cidália preside deliberou há muitas semanas criar um fundo de emergência para acudir a quem necessita e, graças à burocracia que ela pede que o Governo ponha mão, não há ainda qualquer notícia do andamento desse fundo de emergência. Quando olhamos para aquilo que existe na autarquia, é tudo um mundo de burocracia. Não só não conseguiu reorganizar os serviços de modo a agilizá-los como não foi capaz de implementar uma única medida que permita que alguma coisa seja realizada de forma mais rápida, com menos papeis e menos burocracia. É engraçado ver que a Cidália fala na conferência sobre estratégia de um problema que ela própria não mexeu uma palha para eliminar! A pandemia está aí, com tendência para aumentar o número de infectados e o número de famílias com problemas – que aliás foi uma das afirmações que ontem, nessa mesma conferência, ficou claro – e, no entanto, aqui andam a arrastar o andamento da criação desse fundo como se fosse algo muito difícil de fazer.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 Comentário em “A estratégia burocrática”

  1. Avatar

    Caro curioso, tendo em conta que já deve restar muito pouco, ou nenhum dinheiro nos cofres do Estado… Qualquer anúncio do que quer que seja, é uma grande mentira, e somente tem como objectivo “aguentar” até meados do próximo ano, quando vierem, se vierem… As esmolas da Europa, aqui para os pedintes!

    Não saímos disto. Enganados a todo o instante!
    Abram os olhos!
    Esta gente quer, é o salário garantido ao fim do mês, e as negociatas habituais da clientela. Uma porca miséria!

  2. Avatar

    A Cidália é uma coitada, mas acha-se mais do que é. Um fantoche na mão de quem anseia pelo poder. Nada é gratuito. Aguardam-se mudança de cadeiras e algumas quedas perigosas…

Leave a Reply