Haja paciência!

CuriosoCMMG19 Comentários


Hoje, mais uma vez, os eleitos sem pelouro foram ‘comidos’. Desde o início do mandato que eles têm vindo a pedir informações e a resposta é sempre a mesma: vamos enviar a resposta por escrito. Hoje foi mais uma vez pedida resposta a alguns assuntos, a mesma resposta que pedem há meses, e, uma vez mais, a Cidália mandou-os pastar! Com a desculpa esfarrapada de que tem que pedir informação aos serviços, despachou os vereadores sem pelouro com uma rapidez que dá para espantar. As respostas não surgem, mas tudo é feito como se fosse normal! E, para espanto de todos, os vereadores continuam a aceitar que a presidente continue a dar as mesmas respostas de sempre! A forma como a presidente despacha o assunto, com a desculpa de que vai mandar por escrito, é uma falta de respeito para com todos aqueles que elegeram os elementos da oposição, mas não é menos falta de respeito a forma como esses eleitos vão aceitando que nada lhes seja dito. Claro está que só se pode respeitar quem se dá ao respeito e, nesta matéria, os eleitos da oposição têm sido permissivos com a presidente. Como vão pedindo as informações, mas já todos sabemos que não passam daí, a presidente vai entretendo-os com a promessa de uma resposta que não surge. Aliás nem se entende porque motivo pedem as informações nas reuniões quando poderiam fazê-lo por escrito junto dos serviços, que se sabe têm prazo para dar resposta, e depois ler os resultados nas reuniões de câmara para que os munícipes ficassem com a informação que até ao momento não é dada. É tudo um jogo político em que uns tentam mostrar serviço enquanto outros vão entretendo os assuntos como já sabem que podem fazer. A Cidália finge agarrar-se ao papel e caneta para dar as respostas, quando todos já sabemos que não o faz, enquanto os eleitos da oposição vão preenchendo o calendário com as perguntas que sabem que não irão ter resposta quando, se as quisessem, poderiam obtê-las de outro modo. Haja paciência para o que se vai assistindo!


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

19 Comentário em “Haja paciência!”

  1. Avatar

    E com esta postura a Cidália sabe que ganha com uma pinta nas próximas autárquicas, porque a oposição consegue ser ainda mais lerda!

    3
    2
  2. Avatar

    A ESFREGONA
    Foi uma reunião muito desinteressante. A parte mais interessante e que levantou alguma polémica foi quando se abordou o tema das limpezas, levanto uma empolgante discussão sobre as esfregonas. Cidália parecia bem preparada! Fruto, certamente, da sua experiencia. Dengucho, de outra geração, não tanto! Esperava-se mais em termos ideológicos, na defesa dos trabalhadores da esfregona! Aurélio, um perfeito ignorante na matéria! Denotando fortes fragilidades nesta área, não se documentou devidamente. Por esta razão, segue o meu contributo, para que, em próximas reuniões sobre o tema, não voltem a fazer a figura que fizeram.

    TUDO O QUE O ENG. AURÉLIO E A DRA. DENGUCHO PRECISAM SABER SOBRE O BALDE COM PEDAL E ESFREGONA VILEDA TURBO

    O balde e esfregona Vileda Turbo oferecem máxima limpeza sem esforço graças ao seu sistema de centrifugação da esfregona rotativa ativado pelo pedal do balde, segundo estudo realizado por um instituto independente acreditado de microbiologia e imunologia

    O QUE É O TURBO?
    O Sistema Turbo é um conjunto composto por um balde com pedal e uma esfregona de microfibras. O balde tem um sistema de centrifugação integrado controlado por um pedal, permitindo-lhe espremer a esfregona facilmente e controlar a quantidade de humidade que preferir. Quanto mais pedalar mais seca fica a esfregona.

    ONDE É QUE O POSSO USAR?
    O Turbo pode ser usado em todas as superfícies, incluindo soalhos e parquet. Assim, não precisa de usar uma esfregona diferente na cozinha e outra na sala – se o pavimento é duro – o Sistema Turbo é a solução.

    COMO É QUE O TURBO IRÁ MUDAR A MINHA EXPERIÊNCIA COM ESFREGONAS?
    Falemos em primeiro lugar da “estrela” deste sistema – a centrifugação integrada no balde. Eis como funciona: quando quiser espremer a esfregona, coloque-a no espremedor, como é habitual, mas em vez de fazer força para a espremer, basta carregar no pedal e o espremedor integrado começa a girar, centrifugando a água em excesso. Pode inclusive controlar se prefere a esfregona mais seca ou mais húmida, pela quantidade de vezes que carrega no pedal. Prático, não é?
    Em seguida, falemos da esfregona em si: tem microfibras 2 em 1 que apanha até as partículas mais teimosas e que têm um excelente poder de limpeza. Assim, não precisa de usar químicos agressivos para o seu chão ficar livre de germes bastando para isso lavar com água.
    A recarga da esfregona tem um design muito ergonómico, com um cabeçal triangular que permitir r aos recantos mais esconsos – aqueles onde a sujidade tem tendência para se acumular!
    Finalmente a cereja no topo do bolo! Na Vileda sabemos o suplício que é carregar o balde cheio de água a salpicar tudo pelo caminho. É por isso que o balde do Turbo tem uma pega longitudinal e um apoio para o cabo integrado na pega, que lhe permite transportá-lo sem salpicos indesejáveis
    Cumprimentos

    1. Avatar

      Eu que lido com a esfregona, digo, Cidália, todos os dias, pressinto que a mesma saiba de cor todos estes preceitos! Aurélio, aprende!!

      1
      1
  3. Avatar

    Jordi my friend! Muito obrigada pela lição. Pena que não tenhas percebido o fundo da questão ( já que de fundo de baldes percebes bem!). É que é sempre a mesma coisa com esta Cidalia e seus incompetentes vereadores. O caderno de encargos ! Nesta, como em muitas outras situações, temos uma porcaria de serviços, porque os cadernos de encargos são feitos a despachar e a Cidália, claro está, deixa andar. Fraca… fraquinha…

  4. Avatar

    Relembro que estes tristes vereadores estiveram 30 minutos a falar disto. E o telhado da vizinha?

  5. Avatar

    Prezado Anónimo,
    É sempre bom saber que o prezado Anónimo está atento a estas questões. Na verdade, também eu não pude deixar de dar a devida atenção ao assunto, que muito bem refere. Confesso que fiquei apreensivo, pois receei que algum dos vereadores sugerisse a contratação dos serviços da GfK, para elaboração do contrato, com as consequências que, como todos sabemos, teria para as finanças da câmara. Felizmente o bom senso prevaleceu e apesar das genuínas preocupações dos vereadores sem pelouro, num espírito de exemplar unidade sanitária, lá aprovaram a utilização da esfregona. Podemos dizer que foram ”debalde” as empolgadas críticas dos vereadores da oposição, uma vez que o contrato, foi aprovado por unanimidade.
    Cumprimentos my friend

  6. Avatar

    Caro Jordi, my dear friend, de facto a aprovação por unanimidade revela a preocupação da oposição em que haja o mínimo de limpeza. Sem limpeza, ainda que mal amanhada, o cenário seria pior, concerteza.
    Da próxima, a Sra Presidente há-de lembrar-se de pôr mais qualquer coisinha nos cadernos de encargos ( da limpeza, da alimentação escolar das Festas da Cidade, etc etc.) dando ouvidos aos vereadores sem pelouro. Se o fizer… é porque aprendeu alguma coisinha…

  7. Avatar

    Vi a reunião. A Cidalia sem perceber patavina do que se passa e a ter que mandar os outros responder aos vereadores da CDU e MPM. Que tristeza de Presidente esta. Respostas por escrito porque não sabe responder. Que tristeza. Fraca… fraquinha…

  8. Avatar

    A única intervenção verdadeiramente política e interessante, foi a da Alexandra. Aliás, a única com capacidade de liderança, conhecimentos e dinamismo para levar esta terra para a frente.

  9. Avatar

    Bom, mais uma afirmação que começa bem e termina mal, posso ate concordar com a boa intervenção da Alexandra, mas ser a única com capacidade de liderança e levar a terra para a frente? Vamos la a ser humildes. Não nos vamos esquecer de outras intervenções serem um autentico desastre. Coerência e razoabilidade.

  10. Avatar

    Chamar líder a Alexandra, é mais ou menos o mesmo que chamar vanguardista a Cidália. Uma perde-se ao espelho, a outra a ouvir-se a si própria e vice versa. Neste conjunto de eleitos, safam-se, mas verdinhos, o Caetano, a Célia e a Ana. O resto são um rol de leitores de cartilha, pavões e vaidosos. Tragam a vassoura. Ou a esfregona.

  11. Avatar

    Anónimo da 1:07. Não insulte a nossa inteligência. Com espelho ou sem ele, o que interessa é o dinamismo, as ideias e a capacidade para as pôr em prática. E aí, na minha opinião claro, a Alexandra bate-os a todos. E olhe que sou espectador assíduo das reuniões e também sou dirigente associativo. Sei do que falo.

  12. Avatar

    E não acham estranho uma empresa de consultoria mudar o CAE, mesmo em cima da hora, para poder passar a fazer limpezas, e logo a seguir ganhar um concurso de milhares de euros??? Pois,a malta do PS não achou nada estranho.

    1. Avatar

      O PS é exímio nestas negociatas. A família socialista cada vez maior, mais satisfeita e feliz.
      Viva a ditadura PS.

  13. Avatar

    Não tem nada a ver, mas se calhar até têm, o que que é feito do Sr. Nelson? desapareceu ou estrategicamente não se fala dele?

  14. Avatar

    O Sr. Nelson está filadinho para ir como no 2 da Cidalia. Tadito do PS! Ainda conseguem a proeza de perder eleições, com esta dupla maravilha.

  15. Avatar

    Sejamos SÉRIOS.

    Todos os que aqui escrevemos assistimos às reuniões de camara. Por que estarmos aqui a falar deste assunto (bem como outros) ?

    Se forem rever vão perceber que a Presidente apresenta o ponto e propõe que votem por unanimidade.
    Os vereadores do PS, concordam.
    Do lado das vereadoras da CDU nada é dito,
    Os vereadores do MPM descrevem o que está em causa, o que nos permite que fiquemos a saber do que se trata, evitando que fosse mais um assunto passado sem que ninguem soubesse.

    Os vereadores do MPM estudam os assuntos e preparam as reuniões, já assim dizia o presidente Alvaro Pereira.

    Afinal quem é competente para estar ali a representar-nos ?

Leave a Reply