14 + 14

CuriosoCMMG1 Comentário


À partida não é uma conta complicada, mas o resultado é, à primeira vista, estranho, mas fácil de perceber! Hoje teve lugar mais uma reunião extraordinária. Não é necessário voltar a repetir que são reuniões motivadas pela falta de organização e planeamento. Para além dos custos em termos pessoais, as reuniões extraordinárias têm também um custo monetário uma vez que cada vereador sem pelouro recebe para lá estar. Sendo as reuniões extraordinárias algo que deveria acontecer apenas em situações excepcionais, qualquer custo que se tenha com elas não pode senão ser visto como uma despesa desnecessária. A reunião de hoje foi a 28ª do ano o que significa que houve já tantas reuniões extraordinárias quanto ordinárias! A Cidália conseguiu implementar o que devia ser uma excepção como sendo a regra. Graças a isso a câmara já gastou mais €3852,80, dinheiro que, se houvesse organização, não teria sido gasto. Dinheiro deitado ao ‘lixo’ e um custo que apenas pode ser imputado à presidente e à sua necessidade de agendar reuniões atrás de reuniões em vez de apostar na planificação e organização. Claro que sabemos que é mais fácil assinar um cheque do que apostar na planificação, mas é dinheiro desnecessariamente gasto. Claro que, na outra perspectiva, os €68,80 que cada vereador recebe é um preço baixo para aquilo que têm que aturar sempre que é a presidente a conduzir as reuniões!


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Um comentário em “14 + 14”

  1. Avatar

    O interessante é não se ouvir o Aurélio a comentar tal situação, mas se fosse para falar de atas ou qualquer outro documento sem importância, era a reunião toda a falar de banalidades. Infelizmente esta vereação é composta por gente muito fraca e o resultado
    Está à vista.

Deixar uma resposta