O mercado e a FAE

CuriosoCMMG, Mercado7 Comentários


Começa amanhã a nova aventura do mercado, desta vez no PME. A câmara vai gatar ali um monte de dinheiro para adaptar as instalações para que possam ser colocadas bancas de frescos, venda de carne e peixe. Não há qualquer informação quanto à possibilidade de o mercado voltar às tendas, sendo certo que o estado em que elas se encontram faz prever que nenhuma autoridade de saúde irá permitir que volte ali a ser permitida alguma actividade. Ainda que se avance rapidamente com um novo mercado, o que duvidamos, a sua conclusão não deverá ocorrer durante o próximo ano. Isso faz com que, apesar de estarmos a alguns meses de distância, se possa já pensar no que acontecerá à FAE. Desde há muito que se tem notado um emprenho menor por parte do executivo em termos de apoiar aquele certame. Agora com o espaço a ser ocupado pelo mercado, ficam as dúvidas relativamente ao que irá acontecer já que, estendendo-se o certame por dois fins-de-semana, ou o mercado fecha dois fins-de-semana ou não há FAE! Seria interessante que o executivo permanente desse a conhecer aquilo que pensa sobre o assunto, se é que já pensaram nele!


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

7 Comentário em “O mercado e a FAE”

  1. Avatar

    FAG.
    Dois fins de semana semana sem mercado. E os treinos dos patins em linha? Já agora, onde está o patinódromo que ganhou o OP?

  2. Avatar

    O mercado vai abrir amanhã aqui nos pavilhões do PME, mas sem venda de peixe fresco ou carnes frescas.
    Vai daí, uma Vereadora já terá sugerida a alguns vendedores que se lhe dirigiram para venderem o peixe junto ao PME a partir das suas carrinhas, no entanto se as autoridades de saúde ou a ASAE aparecer por lá a tal Vereadora não disse nada, nem sabe de nada.
    Assim vamos indo no reino da irresponsabilidade e da incompetência.

  3. Avatar

    Anónimo das 16:37, essa é para dar alvissaras para quem adivinhar qual é a vereadora? Ou é para tirarmos a conclusão lógica? Se for a segunda questão, já sei quem é.

    1. Avatar

      Sr Anónimo das18:52 impossivel correr bem, uma vez que esta situação é provisória, logo tudo oque acontecer é mau. Mais ainda quando se irá gastar dinheiro num local provisório, sei que o dinheiro não é problema, visto que existe muito, e mais vai haver quando não é gasto em obras de fundo, mas em remendos, para mim tudo isto é vergonhoso. Para o municipio é vergonhoso. Reparo que gosta da cor rosa, mas isso não significa que tenhamos de defender tudo e todos, a verdade, e o trabalho pelo municipio tem de ser realçado, situação que este executivo não merece, queria obrigar a delegada de saúde a alterar a sua decisão, para colocar os municipes num local sem condições. Mais uma vez, bom trabalho Sra delegada de saúde.

Leave a Reply