Festas canceladas

CuriosoFestas10 Comentários


“Ex.mos Senhores,

Encarrega-me a Sra. Vereadora Célia Guerra, e no seguimento do email enviado a 25 de março, onde propusemos o adiamento das Festas da Cidade, de solicitar a vossa opinião sobre o cancelamento do evento. É entendimento da Câmara Municipal cancelar o mesmo, pelas razões que a seguir se expõem:

1 – As Festas da Cidade da Marinha Grande são o evento cultural mais marcante do concelho da Marinha Grande dotado de um carisma próprio, caracterizado pelo acolhimento, pela proximidade e pelo carinho que as gentes do nosso Concelho transmitem a todos aqueles que nos visitam, e que nestas circunstâncias não seriam possível de realizar;

2 – A incerteza criada com a disseminação da Covid-19, as restrições colocadas na Resolução do Conselho de Ministros n.º 38/2020 de 17 de maio (em anexo), e com a aprovação a 19 de maio da Proposta de Lei do Governo Português, que determina a proibição de realização de grandes eventos até 30 de setembro;

3 – A área da gastronomia teria de funcionar com as regras impostas para restaurantes e bares nos termos da orientação 23/2020 da DGS, de 08 de maio que se encontra em anexo, logo não poderiam participar todas as Associações;

4 – O espaço do Parque da Cerca para acolher os concertos, teria de ser marcado para permitir o distanciamento. De acordo com as regras apresentadas pela Ministra da Cultura no dia 26 de Maio, e com a orientação 28/2020 da DGS de 28 de maio, também em anexo, os concertos ao ar livre têm de ter delimitações, assim como ser assinalados os locais onde as pessoas devem estar (pode passar por uma marcação no chão, que seja depois retirada, ou bancos, cadeiras, ‘puffs’)” e tem de haver 1,5 metros de distância entre as pessoas, ou grupos de coabitantes.

Procuraremos convosco encontrar propostas alternativas à situação excecional que estamos a atravessar.

Pelas razões atrás expostas e por entendermos que o compromisso com a saúde e segurança dos nossos munícipes, visitantes, bandas, Associações e colaboradores é e será sempre a nossa prioridade, entendemos que não estão reunidas as condições para realizar o evento.

Não podemos colocar em causa tudo o que foram sacrifícios sociais e económicos destes últimos meses.

Obrigada

Com os melhores cumprimentos,”


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

10 Comentário em “Festas canceladas”

  1. Avatar

    Estavam á espera de quê?
    Com esta Cidália tudo o que era bom é significativo acaba – veja-se o que aconteceu á bienal de artes, dia da criança, sessões de cinema etc… etc…

    2
    2
  2. Avatar

    Nem português sabem escrever.
    Começam por pedir opinião, e acabam por afirmar o encerramento. Afinal em que ficamos? É para dar opinião ou para ficar informado?
    Não cancelar é que seria uma irresponsabilidade. Como já foi referido, a decisão peca por tardia.
    E a festa não tem carisma. Carisma têm as pessoas. A festa é popular, com o que tudo isso implica.

  3. Avatar

    Esta comunicação às Associações é uma anedota. Começa por pedir opinião sobre o cancelamento e logo a seguir informa que a Câmara decidiu cancelar o evento. Para quê pedir a opinião? Onde está a deliberação da Câmara a cancelar o evento? Assisti a todas as reuniões e não vi! A não ser que tenha sido deliberado em reunião extraordinária.

    1
    1
  4. Avatar

    A Cidália, tal como um eucalipto que mesmo decrépito, seca tudo à sua volta.
    Como as festas da cidade não foram iniciativa sua… acabam-se com elas.

    1
    1
  5. Avatar

    Estas determinações também servem para a iniciativa politica “festa do avante”?

  6. Avatar

    Anónimo da 1:05. Nós deixamos a Cidalia trabalhar! Quem a impede? Ela é que não sabe fazer nada de jeito pela terra, como está à vista. E isso é que é lamentável .

Leave a Reply