Dia da criança… aqui não!

CuriosoCMMG8 Comentários


A Cidália hoje deverá estar feliz. É mais um Dia da Criança que não tem comemoração. Quando ela era vereadora fez questão de não celebrar este dia, hoje que não há nada a acontecer aqui no concelho para as crianças poderá dizer-se que se realizou o seu desejo de nada fazer neste dia. Sabemos que estamos a sair de um período longo de confinamento, mas nem uma actividade foi anunciada para o dia. Ao contrário do que acontece noutros concelhos, onde há celebração do dia e até uma semana dedicada às crianças, aqui optaram por nada fazer. Depois de as crianças terem ficado mais de dois meses fechadas em casa, o mínimo que se esperava era que da parte da autarquia existisse a preocupação em proporcionar às crianças um dia diferente, dentro das regras de segurança. Mas, como era de esperar, nada existe programado.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

8 Comentário em “Dia da criança… aqui não!”

    1. Curioso

      Caro Anónimo. Leu alguma coisa que tenhamos escrito que leve a concluir que deveria existir aglomeração de crianças ou actividade que potenciasse o contágio?
      ” target=”_blank” rel=”noopener noreferrer nofollow ugc”>Aqui tem um exemplo.

    2. Avatar

      Santa paciência!!!!!
      Com estes argumentos, até tenho medo de mandar os miúdos para a escola. Se não conseguem assegurar medidas de segurança para uma atividades de meia hora e 15 ou 20 crianças de cada vez, imagine-se para o dia inteiro…

  1. Avatar

    Curioso, o ministério da propaganda está sempre atento ao que aqui se diz!

    Se ali trabalhasse, não haveria um dia que não me vomitasse todo, tal a nojice do que se propagandeia. Haja estômago, e falta de vergonha!

  2. Avatar

    O Bruno já tem prometida a chefia de gabinete, do Nelson!
    O ex-padre, tem tudo preparado e articulado com a matilha, para atacar o osso ou melhor, o orçamento. A Cidália vai sair fora. Avança o Araújo!
    Deus salve a Marinha, desse flagelo!
    Daí a enérgica intervenção publica do Bruno, em defesa de quem lhe vai dar tacho.

Leave a Reply