Cobras e lagartos

CuriosoCMMG, Mercado9 Comentários


Na sexta houve uma reunião da Cidália e da Célia com os vendedores do mercado. Foi o momento em que as duas eleita aproveitaram para dizer cobras e lagartos da Delegada de Saúde. A pobre da médica não saiu com uma imagem favorável depois do que as duas eleitas disseram dela. Mas mais do que o que dela disseram, o que resultou da conversa com os vendedores é a de que ele não querem o mercado nos estaleiros. A posição deles é quase unanime de que não querem ir para aquele local e que a sua vontade é a de ficarem ali. Ficou também claro que não estão de acordo a que a câmara gaste um montão de dinheiro a adaptar o PME para ali colocar um mercado temporário, tendo sido afirmado que acham mais ajustado que se gaste o que querem gastar ali nas tendas, criando melhores condições e preparando tudo para um futuro mercado naquele local. Ficou claro que não estão de acordo com uma qualquer intenção de mudar o mercado daquele espaço e a Cidália e a Célia ficaram com muito pouca margem de manobra para o que quer que seja que afaste o mercado de onde está neste momento. Ou seja, o mercado no PME não é a solução desejada assim como não o é a transferência do mercado para outro local.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

9 Comentário em “Cobras e lagartos”

  1. Avatar

    Já ninguém sabe é o que quer…? Não percebo é como a feira de Pataias decorre….e não falemos que as condições são muito melhores, porque não o sao ?

  2. Avatar

    A Cidália e a Célia reuniram com os vendedores ???? Mas o pelouro não está ou esteve confiado ao Caetano ?????
    O Caetano já é carta fora do baralho ou não está alinhado com as trapalhadas daquelas duas ?????
    O que é descrito sobre o que foi dito pela Presidente e Vereadora sobre a Delegada de Saúde, só pode ser invenção de quem escreve o post, não acredito, não posso acreditar que uma Presidente de Câmara ou uma Vereadora de uma qualquer Câmara possa desrespeitar uma Autoridade muito menos uma Autoridade de Saúde nestes tempos de calamidade.
    Não é possível um desrespeito tal, não é possível a Delegada de Saúde, a ser verdade o que é afirmado no post, continuar no seu posto sem exigir a clarificação da situação.
    A AUTORIDADE DE SAÚDE, como qualquer outra Autoridade incluindo a Presidente ou Vereador de uma qualquer Câmara não podem, não devem ser desrespeitadas, a não ser que tenhamos chegado à baixeza do ponto mais baixa da sociedade Marinhense. Não sou, não pertenço a esta sociedade.

  3. Avatar

    O que se inventa para se ter razão.
    Portanto a senhora presidente eleita por mais de 4000 votos foi reunir com a meia dúzia de manipulados pelo PCP e MpM.
    O mais importante da conversa foi o que disseram da delegada de Saúde e que queriam continuar em barracas pois quando foram para lá em 2007 foi o sítio que sempre sonharam.
    Ainda me lembro da sondagem do Artur Pereira de Oliveira qual Saddam Mussain com 100% de satisfação de irem para a zona da antiga FEIRA DOS PORCOS.
    Curioso é que o senhor APOliveira tem terrenos nessa zona. Estranho que tenha decidido tão rápido??????

    2
    1
  4. Avatar

    Toda gente sabe qual o partido que está a ajudar de facto os vendedores e nem sequer faz publicidade.
    Muito mau, o abandono que esta comunidade comercial foi sujeita e desprezada.

  5. Avatar

    A Senhora Delegada de Saúde já foi á Praia da Vieira ver como é que se vende o peixe seco aos domingos?
    A bem da saúde pública em tempo de calamidade é urgente ver o que ali se passa.

    4
    1
    1. Avatar

      O que ali se passa é um verdadeiro atentado á saúde pública, mas porque será que a Câmara não intervém e impõe regras exigidas a outros?

      1. Avatar

        HUMMMM ….. hummmmm ………………… isto cheira-me a gata escondida com o rabo de fora…
        mas porque é que aqui como em outros locais convenientes á uns mais iguais que outros ???????????????

  6. Avatar

    Primeiramente, é importante dar os parabéns à Sra delegada de saúde, fez o que se esperava, proteger os municipes, em segundo lugar se não existe mercado falem com o executivo, pois serão eles os culpados.

    2
    2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address