Adiadas

CuriosoCélia, CMMG, Festas10 Comentários


As Festas da Cidade foram adiadas. O vírus levou a que fosse tomada a decisão acertada de adiar para Setembro as festas. Não deixa, no entanto, de ser curioso o facto de, não fosse o facto de estarmos numa situação de pandemia, não se sabe nada sobre o que a Célia pensa fazer em relação a quem serão os artistas contratados para virem cá! Agora, como é óbvio, é o menos importante, no entanto o estado de emergência tem uma semana e, até ele ter sido decretado, nada foi divulgado. Não é algo que surpreenda, mas é triste que tudo seja deixado para a ultima da hora (como sempre).


Seguir
( 5 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

10 Comentário em “Adiadas”

  1. Avatar

    Normal, normal, tudo normal. Este é o executivo que conhecemos, este é o trabalho normal deste executivo, trabalho por reação. Fiquem em casa, é o que se pede, ao executivo também.

    1
    1
  2. Avatar

    Setembro? Em que data? A ser possível haver eventos, a Câmara está apenas a cometer um pequeno grande erro! Qual será desta vez a Coletividade que vai ficar prejudicada!?
    No seu melhor! Uma vez mais a borrifarem-se para o movimento associativo! São um espanto!

  3. Avatar

    As datas que se apontam ou é o S.C. Marinhense ou a S.I.R. 1º de Maio. Não va a polémica que houve o ano passado com estas duas associações?

    1. Avatar

      Tudo a preparar-se para que no próximo ano de 2021 as festas da cidade também sejam em Setembro, sim, ali mesmo na campanha eleitoral para as autárquicas, dá jeito não é Srª Cidália… caçam-se mais uns votos á “pala” do erário publico.
      Desta gente tudo se espera

      1
      1
  4. Avatar

    Não seria mais correto questionar as colectividades antes de sugerir datas?
    As datas apontadas coincidem com as festas do SCM e da SIR 1 MAIO.
    Não admira, porque quando foi para decidir a data das festas em junho, foi apresentado como alternativa o segundo fim de semana de junho, o mesmo em que se realiza a festa do Casal Galego sem falar com esta Associação
    Deixo uma sugestão, durante o mês de agosto só o primeiro fim de semana está ocupado com a festa das Figueiras

  5. Vilas

    FESTAS?!?! Não acredito que haja festas! Já pensaram como estarão afectadas as pessoas depois disto passar!
    Primeiro: – não sabemos quando será o pico da COVID – 19. Já se fala em…OUTUBRO!
    Segundo – será que as pessoas depois desta tragédia ainda têm disposição para festas?
    Terceiro – como estarão financeiramente os marinhenses?

    É certo que podem ir às festas sem gastar …porque as festas são todas grátis.

    É que não sabemos como irão reagir os mercados. Se começarem a cancelar moldes, irão cair empresas em espiral… não sabemos se estão a ver bem as coisas. Fazemos votos para que não aconteça…mas é melhor pormos “as barbas de molho!!!! estamos em crer que vamos ter muito …desemprego na Marinha.

    ESPERAMOS ESTAR ENGANADOS!

  6. Avatar

    Para não começarem a chorar. Cancelaram as festas e fazíamos a edição de 2021. Fácil

  7. Avatar

    Caro Vilas,
    Está mesmo enganado. Até me parece que está enganado desde que nasceu.
    Não seja fatalista e faça o favor de não criar alarmismos na população, que já basta o problema que todos estamos a viver.
    Continue em quarentena ….
    Estimadas melhoras

  8. Avatar

    De facto, há pessoas que ainda não perceberam o que está a acontecer em seu redor…
    Talvez estejam de “prontidão” , em casa a receber a 100%, e com garantia de emprego para a vida, mesmo perante uma catástrofe!
    Assim, é fácil passar pelos pingos da chuva.
    Infelizmente, a grande maioria dos portugueses não são funcionários públicos… E não terão emprego no final disto. Ao contrário da função pública… Tudo garantido. Os sacrificados, são sempre os mesmos. Há algo errado aqui…
    O Vilas tem muita razão!
    As festas, são a esta altura, o menor dos problemas da marinha grande.
    Só é problema, para quem não tem mais nada com que se preocupar… Acordem!!

  9. Vilas

    Estimado Pedro Santos,

    Não é ser fatalista…é ser realista! E por favor não crie “falsas esperanças” aos marinhenses. Mas está na vosso ADN.
    Assim têm vindo a enganar os marinhenses que os vão mantendo!

    E sim, vamos-nos mantendo em …quarentena!

    Cumprimentos

Leave a Reply