Um partido com paredes de betão

CuriosoPCP5 Comentários


Os eleitores do PCP estão, uma vez mais, às escuras com o que se passa dentro do partido. De uma forma muito suave, conseguiu-se perceber que houve mexidas na estrutura interna do partido. O Zé Luis, até há dias à frente da estrutura local, passou o testemunho a alguém. Sem que seja conhecido o modo como essa passagem de testemunho se fez, o partido continua o seu percurso de não deixar que o que se passa lá dentro seja do conhecimento do público e, acima de tudo, daqueles que nele votam. Não se questiona o facto do Zé Luis ter deixado de estar à frente do partido. A renovação é necessária, mas não deixa de ser triste que nada seja dito ao seus eleitores. Sabe-se que o partido impõe disciplina de voto e que os vereadores têm que seguir os ditames do partido, mas agora quem é que decide o que fazem ou não, quais as orientações para o concelho? O partido não parece nada interessado em que se saiba o que vai lá dentro e ficam dúvidas se essa forma de agir é a que mais simpatizantes ganha. Se os outros partido, com muitos ou poucos candidatos, assistimos à realização de eleições, por ali tudo parece ser feito seguindo uma orientação ‘monárquica’. Os chefes são aqueles que eles querem que sejam e não os que os militantes poderiam escolher.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

5 Comentário em “Um partido com paredes de betão”

  1. Avatar

    O que me incomoda é que os Vereadores da CDU/PCP na Câmara da Marinha estão bem inseridos na incompetência geral.

    4
    1
    1. Avatar

      Sr Anónimo das 12:38, depois dessa sua observação, gostaria de saber qual a sua opinião sobre o executivo permanente da CMMG? porque esses sim, têm o poder e é só asneira atrás de asneira quando decidem, porque o normal é ….ZERO, e assim não fazem asneira, ficam apenas pela incompetência.

  2. Avatar

    Quando acordarem já vão bem tarde. Nem o exemplo de Peniche fez esta malta abrir a pestana!
    Num concelho com 40 mil habitantes, não haverá um comunista que possa assumir aquilo e seguir o legado de bons autarcas que por lá passaram?! Quem perde é a Marinha Grande, porque o PS é a tristeza que todos conhecemos e as alternativas não existem.

    1. Avatar

      O PCP, é um partido do séc XIX, essa é a verdade, a sua ideologia está ultrapassada, não quero com isso dizer que não têm pessoas capazes, refiro-me à Alexandra, mulher que seria muito melhor que a Presidente que temos, refiro-me ao Álvaro, que na Vieira é um homem preocupado com as pessoas e muito tem feito na Vieira, quer nos bombeiros, na biblioteca e outras associações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address