Em banho maria

CuriosoCMMG, SCM1 Comentário


A semana passada foi a reunião a questão do apoio ao SCM. Havia o parecer dos advogados de Lisboa, mas o problema embrulhou-se mais! A jurista da câmara, apesar de não ter querido dar o parecer, sustenta que o que está escrito no que foi pedido é “vago” e “inconclusivo” e, como tal, não deu o OK a que o ‘patrocínio’ avançasse. Não tendo avançado com a subscrição do tal parecer, a vereação não pôde ainda aprovar o patrocínio! Não se sabe o que levou a que o parecer sobre o parecer tenha sido nesse sentido, mas suspeitamos. A Cidália pediu um parecer que afinal não serviu para nada! sso levou a que os eleitos tenham andado em reunião atrás de reunião a ver se desbloqueiam a questão. A verdade é que o assunto está difícil de ser resolvido sem que os jurídicos da câmara dêem o aval à operação. Significa que tudo está ainda em banho maria e tudo aponta que assim vá continuar. Se em relação ao SCM havia um parecer externo que dava luz verde a que a operação avançasse, mas que afinal deu em nada, em relação ao ACM não há sequer conhecimento de que haja algum andamento.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Um comentário em “Em banho maria”

  1. Avatar

    E anda esta gentinha entretida com um não assunto. Não precisam de reinventar a roda, basta copiar como dezenas de autarquias neste país fazem… E, avançar, honrar a palavra e resolver o que este Município tem que resolver com urgência:
    – Circulares externas à cidade para acabar com o caos que se vive 24 horas por dia na Avenida Victor Galo.
    – Resolver o processo de passagem dos serviços de conservatórias e registos para outro local, que, recordo, a Câmara prometeu resolver até ao final de 2019!
    – Projecto da Piscina Municipal e avançar com a sua aprovação e construção.
    – Que Mercado se decide que passe a haver e em que local e avançar com a sua construção, se se decidir ainda fazer sentido um investimento num edifício… talvez um mercado de rua possa ser uma solução, à imagem do que acontece em grandes cidades por esse mundo fora.
    – Construir um pavilhão multiusos, como por exemplo, o que a CM Alcobaça vai construir no MercoAlcobaça, que fará sentido que seja nas instalações do Parque Municipal de Exposições.
    – Tapem as centenas de buracos que estão pelas estradas de todo o concelho.
    – Executem até ao fim as obras dos Orçamentos Participativos.
    – (…) e por aí fora.

    Cumpram com o que se comprometeram com os munícipes.
    Sejam pessoas de bem, de palavra.
    Saiam do pedestal onde vivem.
    Os marinhenses não merecem tanta incompetência.

Leave a Reply