Coincidências

CuriosoCMMG12 Comentários


Há muito que se sabe que há problemas com a empresa que gere o os cemitérios aqui no concelho. O Caetano não quis falar tudo em público e remeteu-se para falar do assunto em privado com os vereadores. Possivelmente não quis que os munícipes soubessem que a empresa que gere os cemitérios é a que pertence ao ex-vereador Logrado. Parece que não está à vontade para explicar em público porque tem tanta dificuldade em ‘chamar à pedra’ a empresa que está a maltratar os munícipes. E aqui podem-se levantar as dúvidas que são normais terem-se quando há coincidências deste tipo. O ex-vereador foi um acérrimo defensor da transparência, chegou mesmo a chamar a judiciária, mas agora detém a gestão dos cemitérios num contrato que parece ter sido feito à medida de não envolver muitos custos, com um caderno de encargos que ficam àquem das necessidades. E as dúvidas são claras e facilmente identificáveis. Quem fez o caderno de encargos? Terá sido um resquício dos tempos em que andou pelos corredores da câmara? Será por ter sido vereador que hoje o Caetano tem tanta dificuldade em mexer no assunto? Terão razão aqueles que afirmavam que o interesse do ex-vereador em ser eleito e ter pelouro tinha a ver com os seus negócios? Será que hoje também chamaria a judiciária e ‘acusaria’ a ex-chefe de gabinete do que ‘acusou’? Questões para as quais não temos resposta, mas seria interessante que o assunto fosse cabalmente esclarecido.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

12 Comentário em “Coincidências”

  1. Avatar

    O Logrado está a revelar o que sempre foi: um oportunista e um ditador. O Caetano a revelar o que sempre foi: um preguiçoso incompetente

  2. Avatar

    Este e o post anterior revelam um mesmo problema hoje denunciado por vários munícipes na reunião da Câmara e ao qual nem o Caetano nem a Cidália deram qualquer resposta e tentaram assobiar para o ar.
    A empresa adjudicatária do serviço dos cemitérios municipais está ou não a cumprir o caderno de encargos?
    Porque é que o atual caderno de encargos é diferente do anterior onde a empresa deveria ter ao serviço nos cemitérios 4 coveiros e agora só 1 coveiro para os 2 cemitérios?
    Quem foi o autor do atual caderno de encargos e porquê aquela alteração? Há menos inumações?
    Há menos cemitérios?
    Tudo, mas tudo muito estranho.
    Será que algum dos interessados na prestação do serviço participou na elaboração do caderno de encargos?
    Porquê o silêncio da Cidália e do Caetano perante a inoperância da empresa? Este silêncio e inação do Executivo está muito para além da sua própria incompetência, porquê? porque esperam para resolver o problema? há algum rabo de palha?
    Tão amigos que eles são desde os tempos do famigerado PEM!!!!!

  3. Avatar

    Caro Curioso
    Convém esclarecer que nunca o ex Vereador Logrado chamou ou sugeriu chamar a Judiciária.
    O que sucedeu, perante as insinuações e acusações infundadas do ex-Verador Logrado em diversas reuniões de Câmara, foi o então Presidente da Câmara participar ao MP para investigação. O resultado dessa investigação foi noticiado há meses pelo Jornal de Leiria.
    Estranho foi o atual Executivo não ter dado nenhuma nota de imprensa sobre esta assunto. Será que não haveria fotografias da senhora Cidália a receber a notificação do MP?

  4. Avatar

    Querem dizer que foi o Logrado ou a empresa do Logrado que fez o caderno de encargos? E que previu só ser necessário um coveiro? Que mais não estará contemplado no caderno de encargos?
    Antes desta empresa quem é que remontava as campas? Não me lembro de ter tido de pagar para remontarem a da minha família e muito menos tive de o fazer. Se a empresa anterior as remontava, porque é que esta não o faz?

  5. Avatar

    A reposição das sepulturas não compete á Câmara, compete aos proprietários, sempre assim foi.
    Com a Cidália não se sabe se é assim, houve já um caso em que a câmara deliberou, ilegalmente, indemnizar o proprietário das pedras e lápide mas que não era proprietário da sepultura.

    1. Avatar

      Já ouvi isso, mas isso também é estranho. Na campa dos meus já foram sepultados 3 familiares. As pedras foram colocadas com o primeiro. Nos dois funerais seguintes nunca tive de pagar para repor a campa. A verdade é que ela sempre apareceu colocada logo depois do funeral. Porque é que antes era de uma maneira, e bem, e agora é de outra? Provavelmente era daquelas coisas que se iam fazendo, e bem, para aliviar um momento difícil, e que não custa nada, mas que agora resolveram acabar. Afinal. Quem tira, volta a colocar. Porque não cobram o serviço? Não. Preferem o espetáculo de ter as campas reviradas e um cenário de filme de terror no cemitério!

    2. Avatar

      Nas sepulturas da minha família sempre foram os coveiro que deixaram as sepultura conforme estavam. Impecável.

  6. Avatar

    Desde que esta empresa entrou nos cemitérios, é uma autentica vergonha o estado em que os mesmos se encontram.
    Este Executivo Municipal não tem vergonha de deixar que os problemas denunciados se mantenham e se agravem?
    Porquê esta passividade com a empresa ou empresário que faz o serviço?
    O concurso desta prestação de serviços e a atitude do Executivo Permanente deveriam ser investigados.
    Do que espera a oposição para ser consequente com as denuncias que faz?
    Os Vereadores da oposição tendo conhecimento da situação e não atuando são igualmente responsáveis pelo que se está a passar.

  7. Avatar

    Não sabia destes problemas. No entanto é notório de algum tempo para cá o estado do cemitério em termos de limpeza.
    Não percebo pq é que tudo tem que ser dado à empresas privadas. Não seria muito mais rentável a câmara ter os seus próprios funcionários para estes e outros serviços?

    1. Avatar

      Seriam somente mais ,dois ou três funcionários.
      Assim são mais uns quantos ,a ,,governar se,,,….

  8. Avatar

    Eu só gostava de saber porque é q tudo o que estava nas traseiras das canoas ( em cima das campas e não no chão) desapareceu. Não há baldes. Desapareceram todos bem como jarras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address