CMMG

Ontem escrevemos sobre o que terá sido mandado parar pela APA em S. Pedro. O que está em causa é uma construção em madeira que estava no início. Aquela estrutura fica mesmo em frente ao hotel e, pelo que conseguimos saber, a intervenção da APA surge depois de uma queixa de alguém que, pelos vistos, não quer que ali nasça nada porque eventualmente iria tapar a vista para o mar. Neste caso, como já escrevemos, não podemos discordar da ideia de aproveitar aquele espaço, mas parece que há sempre quem queira manter aquela praia como uma coutada reservada para alguns.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

19 comentários

  1. Sendo ilegal, mais tarde ou mais cedo vinha abaixo. Ainda bem que foi mais cedo! Assim não se gasta mais dinheiro. O triste é ser a Câmara a promover obras ilegais. Sinceramente já nada me espanta vindo deste Executivo PS.

  2. Na foto é bem visível a placa de perigo de derrocada da arriba.
    O local é uma zona sensível devido à erosão costeira.
    Qualquer leigo na matéria vê isso e temos bem presente as obras levadas a efeito no mandato do Álvaro Pereira de consolidação das arribas e da marginal de S.Pedro de Muel.
    Todos vêm, todos sabem… todos… excepto a Presidente da Câmara que se permite ordenar uma obra ilegal naquela zona sensível da costa, esta senhora é mesmo ignorante, não faz nada em e por S.Pedro e o que faz é ilegal e sem qualquer critério.

  3. Então o carpinteiro da Câmara não está de baixa?
    Que pena!!!!!
    Era vê-lo ontem numa azáfama a retirar a “borrada” que a Presidente mandou fazer.

  4. Uma vergonha, dr. Araújo, mais uma vergonha.. Como consegue dormir ao compactuar com essa criatura mimada que faz o que lhe dá na telha? Quando é que muda de camisola e passa ao ataque para a aniquilar de vez??

  5. Quem é que se lembraria de gastar dinheiro para construir um miradouro num local que já é um miradouro natural e em cima de uma arriba que está a cair? Porquê? Com que objetivo?
    Quem foi o responsável por tal projeto? Quem é que deu parecer favorável a uma obra afinal ilegal? O que é que está a câmara a fazer para identificar os (ir)responsáveis? Que consequências? Quem vai ressarcir a câmara pelo dinheiro gasto (madeira, ferragens, tempo gasto para fazer projeto e obra, etc.)?
    Depois admiram-se de não aparecerem as obras que realmente fazem falta?
    Pois aqui têm porquê! Porque se gasta o tempo, o dinheiro e a energia em aberrações inúteis e sem sentido como estas!
    Tirem-me de lá está gente, por favor!
    Ainda por cima mesmo em frente da placa que alerta para o perigo de queda da arriba!!!!

  6. Querem lá ver que não gostaram da minha obra prima de carpintarias em seara alheia? São todos uns ingratos estes marinhenses… do meu coração apertado… mas fiquem-se lá com vistas curtas e deixem-me ir ao cabeleireiro, porque tenho hora marcada e o secretário de estado já me espera para o lagostim na vieira!!!!

    • Pedro, o local da obra ilegal é sobre uma Arriba que tem lá bem visível o aviso de perigo de derrocada!!!!! Só a estupidez gritante da Cidalia permite que aí pretenda construir uma estrutura de miradouro! A APA ( agência portuguesa do ambiente) esteve muito bem. Quem agiu mal foi a Cidalia.

      • A APA só agiu porque houve queixa… senão estaria caladinha também! Força Tereza Coelho, continua a delatar esta maluca desvairada com 15 milhões no bolso!!

    • Ó Pedro, tenho-te como pessoa sensata, pá!
      Isto tem lá algum sentido, diz-me lá…
      Aquele local, é um miradouro natural!
      Que mais iria acrescentar uma coisa daquelas?
      Pedro, podes simpatizar com o partido, mas por favor, pensa pela tua cabeça!
      Asneira, e da grossa. Uma atrás da outra…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário