De costas voltadas

CuriosoCaetano, Cidália, CMMG, Mercado12 Comentários


O mercado não é para breve, disso já se sabia. A decisão que hoje foi tomada é aquela que se esperava que fosse tendo em conta o pouco que se sabe do que tem acontecido. A Cidália assumiu que não quer o mercado onde ele agora está. O Aurélio parece também não querer que ali seja construído o mercado, algo que já antes tinha deixado em cima da mesa quando o assunto do estudo foi a reunião. O que não se esperava era que o Caetano mostrasse que está de costas voltadas com a presidente. Aquilo a que hoje se assistiu mostra uma de duas coisas: ou que não há diálogo entre ambos, o que o levou a mostrar estar contra a construção do mercado naquele local; ou que foi uma tentativa de se demarcar do que tem sido a acção da presidente, procurando com isso ganhar alguns pontos junto daqueles que não concordam com a ideia de construção do mercado naquele local ao mesmo tempo que se autonomiza, quiçá para outros voos. Ficou mais ou menos assente que o assunto vai voltar à discussão o que significa que se andaram a perder anos na busca de uma solução que afinal poderá até nem ser necessária. Perda de tempo que não se compreende, mas que acreditamos irá motivar alguns sentimentos de vitimização por parte de alguns eleitos com pelouro e do partido que os suporta. Uma coisa parece ser certa, o mercado não irá para o terreno tão breve. A discussão que agora parece ir para a frente é algo que deveria ter existido há anos, mas os eleitos continuam a enrolar o assunto. Salvou-se hoje uma despesa desnecessária que, não fosse a intervenção da oposição, iria para a frente com o pagamento de um preço para algo que poderá nem ser necessário.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

12 Comentário em “De costas voltadas”

  1. Avatar

    Está bem! Então acabem com existente, as condições estão longe de serem boas. Tristeza.

  2. Avatar

    Qual desacordo? É só voltar a embaralhar para ganhar tempo até ao fim do mandato. Depois com promessas mais bem preparadas se seguirão mais 4 anos de marasmo. Carrega marinhense!

  3. Avatar

    Pelo que percebi na reunião de hoje sobre o assunto de umas tais faixas colocadas numas festas católicas da terra da Sra Vereadora, que nunca tal coisa se viu por outras bandas. É que afinal pagou se a uma Banda de música, que ela própria não quiz falar e tentou desviar-se desse assunto! Á Cara podre! Viu-se bem que se tentou desviar desse assunto!
    Agora como é possível isto acontecer?
    Às associações pede-se tudo a rigor nas suas candidaturas para terem um subsídio da Câmara e depois nem 1/4 dos valores/orçamentos apresentados dão !
    Injustiça!
    Quando as coisas são claras no papel dá-se um bombom ao ponto dos eventos não serem realizados e depois vêem coisas que são inexplicáveis!

    1. Avatar

      tanta Merda por causa de 2 bandeiras? E diz o outro que é amigo da Praia! Tristeza! Não tem mais em que pensar.

  4. Avatar

    A barraca está armada, não mais uma para o mercado, mas entre a Presidente e o seu Vice. Pelo meio está o Nelson, mestre na intriga, a afastar os que lhe poderão fazer frente no seu desejo de ser o próximo cabeça de lista á Câmara. Á Cidália já lhe fez a cama e a do Caetano está em preparação.

    1. Avatar

      Verdade. Intriga e mal estar instalados entre os camaradas socialistas. Uma questão de tempo para uma repetição do caso Terezagate..

    1. Avatar

      Acabar com o mercado?? NUNCA! Há muitos fregueses no mercado, e por ironia vão mais pessoas a estas tendas que iam ao outro mercado na resinagem….. Vê – se bem, só não vê quem não quer, pela quantidade de carros que estão estacionados nas imediações do mercado cheguei a contar num sábado, 300 carros sem contar com os dos vendedores. Lá encontramos muita variedade de fruta muito mais barata e directamente do produtor assim como produtos hortícolas. Já ouvi desabafos de vendedores que não sabiam o que seria deles se o mercado acabasse pois não tinham onde escoar o produto. O mercado tem que continuar, ali ou nas imediações, pois tem bons acessos e estacionamentos há que substituir as tendas por tijolo e cimento não é necessário grandes luxos, vejam como exemplo, como foi erguido quase de um dia para o outro o intermarche….bastava uma estrutura assim…digo eu….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address