BombeirosCMMGPS

Há algumas semanas houve quem tivesse abatido todas as árvores que rodeavam o quartel dos bombeiros. À data questionou-se quem o teria feito e o assunto chegou mesmo a ser discutido em reunião de câmara, tendo sido questionado o que tinha acontecido e proposto que, caso não tivesse sido feito pela câmara, daí se tirassem as devidas consequências. Pelo que tivemos acesso, o pedido dos bombeiros foi para que fosse autorizado o corte “até 2 metros” tendo os técnicos decidido que não poderia ser autorizado uma vez que até essa altura, 2 metros, seria um corta radical o que iria desfigurar o espaço e o fim para que as árvores ali foram colocadas. Por esse motivo, o corte até “2 metros” não foi autorizado. Ainda assim o corte foi feito e não foi até “2 metros”, mas sim até 20 centímetros. Desconhece-se se foi já dada resposta ao que a Alexandra perguntou em reunião de câmara, mas é indiscutível que o que foi feito o foi em desrespeito pela decisão da câmara e contra o que não foi autorizado. Seria de esperar que houvesse consequências, mas, pelo que conseguimos saber, nem uma palha foi mexida. Não tendo sido feito nada pode dizer-se que é como se tivesse sido a Cidália a cometer aquele acto que, pelo que já soubemos, poderá ser crime. Sexta vai haver mais uma reunião extraordinária para serem atribuídos apoios aos bombeiros e nem uma palavra sobre este assunto é dada aos munícipes. É como se tivessem passado uma borracha sobre o assunto e a questão que fica é se o comportamento do executivo seria igualmente passivo se a direcção dos bombeiros não fosse, como é, afecta ao PS e tivesse membros que fossem do PCP ou MpM! Ser+a que nesse caso não iria atrás dos responsáveis? Fica claro que o crime compensa quando se faz parte da família socialista. Só assim se pode abater o que é de todos nós e se ficar impune ao mesmo tempo que se consegue mostrar que a câmara tem falta e autoridade e é apenas forte com os fracos.


Seguir
( 6 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

21 comentários

  1. Vergonhoso! Por aqui se vê, efetivamente, e como diz, por um lado, a falta de autoridade da câmara, e por outro, a total impunidade daqueles que estão mais próximos do executivo. Ninguém respeita a figura que está à frente da câmara, nem aqueles que a rodeiam. Essa figura e os que a rodeiam também não respeitam a câmara nem o seu papel porque, dia para dia, estão a destruir a credibilidade da instituição, e a cometer injustiça atrás de injustiça. Ultimamente já ninguém tem respeito pela câmara. Que vergonha!

    • Qual é a novidade? O Carlos Carvalho, presidente da direcção, é PS. Apesar de andar pelo mpm nunca deixou de ser do PS. Todas as ultimas direções têm sido do PS.

      2
      1
    • Quase todas as organizações na Mª Grande e Vieira são afectas ao PS, Bombeiros, Rotários, Dadores de Sangue, Escolas, Colectividades, Associações Empresariais, etc…todas estas associações constituem uma teia que com as suas influencias elege e mantém no poder a equipa que nos (des)governa.
      Só assim se justifica a manutenção no poder dos executivos que nos últimos mandatos nos conduziram ao buraco onde nos encontramos.

      4
      1
  2. O que ali foi feito é um crime ambiental. Num país decente aqueles criminosos teriam que pagar pelo que fizeram… 3 soldos por árvore, lembram-se?!

  3. É só Teorias da Conspiração para justificar a azia que predomina por aqui. Só falta dizer que eram autocarros contratados pelo PS nas zonas de voto a levar as pessoas a votar neste executivo. A política é um meio sujo e manipulador mas não deixa de ser um instrumento democrático e que todos devemos respeitar após os atos eleitorais. Já agora critiquem e penalizam os bombeiros depois venham para aqui Chamar lhes de heróis e salvadores de vidas humanas.

    1
    1
    • Caro Voltaire. Parece-nos que está a confundir conceitos. Uma coisa é a corporação, que neste caso não é tida nem achada para o assunto, outra é a direcção da associação e esses não salvam vidas nem são os heróis.

      • Então se faz essa separação para atingir o seu propósito que é atacar o PS que penalização pode a autarquia apresentar que não penalize também toda a corporação. ?????
        A decisão não foi acertada? Não, não foi.
        Que a Autarquia já se pronunciou sobre o assunto?
        Sim, já disse que não deu autorização.
        Que foi um ato infeliz? Sim foi
        Agora que digam que a autarquia não toma uma atitude mais dura porque a direção é do PS é de uma falta de respeito não só para todos aqueles que fazem parte dessa mesma direção e não são do PS como por todas as pessoas que votaram para a eleição desta direção e também não são do PS.
        Olhe comecem a dizer mal das decorações de Natal e do sítio onde está a ser instalado a pista de gelo.
        E comecem a culpar todas as crianças que iram usufruir do espaço de serem também do PS.
        Valha me santo Deus. Que pobreza de espírito.

        1
        3
        • Caro Voltaire. Parece-nos que estará a vitimizar-se e a vitimizar o PS. Será que tem também cartão de militante e está a seguir a lógica que tem sido seguida sempre que não há argumentos para justificar o injustificável? Não temos nenhum propósito de atacar quem quer que seja. O que escrevemos são factos. Já percebemos que, por si, não há que fazer nada e que o ‘crime’ pode passar impune. A verdade é que a câmara nada fez e, como nada fez, há que tirar daí as devidas conclusões. Mas percebemos a sua lógica e, seguindo-a, agora podemos todos começar a cortar árvores, só porque não gostamos ou nos incomodam, uma vez que a câmara nada faz.
          Quanto a decorações de Natal, ao contrário do que acontece noutros concelhos, ainda não vimos nada para podermos pronunciar.

      • A corporação não foi tida nem achada? Quem é que esteve a acompanhar o corte ? Não foi o comandante? Quem cortou? Não foram os bombeiros? Se eles não quisessem a direção não podia fazer nada porque não tem acesso a nenhum do equipamento.

        • Caro Anónimo. Tanto quanto dizem os documentos que consultámos, quem tratou do assunto com a câmara foi a direcção. Se a ordem foi executada por elementos da corporação, poderão ser esses responsabilizados, mas não cremos que o possa ser toda a corporação, se bem que parece que nada acontecerá.

  4. Este Voltaire, anteriormente já usou outros nomes, ele é obviamente um destacado membro do PS local, usa este nome ficcionado para poder defender a sua gente sem que se saiba quem é, de vez em quando até faz pequenas críticas à gestão camarária, mas claro escondendo o nome para não ser despromovido.

      • Pelo que deu a entender deve estar a falar no boy do PS que tenta a todo o custo ir para a Câmara com um tacho igual ao dos outros. Deixe esse homem em paz que problemas já tem que chegue.
        É pena que não haja mais Voltaires para contra argumentar o exagero de criticas e insultos que se faz por esta banda.
        De vez em quando é preciso baralhar e voltar a dar as cartas para ver se o nível sobe um bocadinho mais.

  5. isto tudo faz-me pensar! vou so dar uns pequenos exemplos um policia que é policia comete um qualquer crime e por ser policia não é condenado?o antigo primeiro ministro fez o que fez não esta a ser julgado?então o porque de quem cortou ou mandou cortar as arvores não tem que sofrer as consequências independentemente de serem bombeiros ou não!ou so porque são bombeiros são impunes?

  6. Se a Cidália se calou é porque tem o rabo preso.
    Não acredito que quem cortou não tivesse a “sua razão”, se não certamente não o faria, até porque não é algo que se faça rápido e sem dar nas vistas.
    Era um bom artigo para o jornal da Marinha investigar, mas, não se pode morder a quem nos dá tostao.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário