CMMG

A questão do interface no parque da Mobil já não se coloca, mas não deixa de ser interessante ver como a realidade supera os argumentos dos que mandam. Quando o assunto foi discutido, a Cidália e o Caetano argumentaram que o estacionamento que se iria perder com a construção seria facilmente colmatado com o que existe junto ao parque. Pois bem, hoje está a decorrer o corta mato infantil no parque, os estacionamentos estão todos completos e o parque atrás da Mobil está lotado. Qual seria o argumento que agora os eleitos iriam dar? A realidade que hoje temos à vista de todos contraria todos os argumentos que foram usados para defender a construção ali. O bom senso venceu e, como hoje se pode ver, o parque de estacionamento, tal como está, não é suficiente para albergar todos os que ali querem estacionar. Como seria se, no lugar do estacionamento, estivesse um edifício?


Seguir
( 4 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

22 comentários

  1. Só confirma o que a oposição defendeu e bem… A Marinha Grande, ficou a ganhar com o chumbo da construção do interface naquele local. Mas isso, estava a vista de todos. Ou de quase todos.

    • Caro Anónimo. Não temos foco em ninguém, muito menos no PS. O que nos leva a escrever mais sobre o executivo permanente e, por arrasto, sobre o PS é que do lado do MpM ou PCP nada acontece que leve a que possamos escrever a não ser a critica pela inacção, mas isso já o fizemos.

  2. Sei que ainda não se deram conta, mas sabemos que o vosso foco não esta a resultar, depois sente-se injustissados. por isso vejo o que estão errados na vossa comunicação. Penso que estar sempre na critica ao ps não será uma boa via. Não facam fretes sejam independentes. Vejam as inconcistencias da oposição tambem.
    Vejam os disparates do MPM. Vão ver que serão menos imparciais e justos.
    Abraço

    2
    1
    • Caro Anónimo. Não fazemos fretes e muito menos escrevemos com outro objectivo que não seja o de sermos imparciais. Tentamos ver todas de todos os lados, mas quando nada acontece não temos como escrever. Refere os “disparates do MpM”… diga-nos o que teve conhecimento que nos tenha passado despercebido e, naturalmente, iremos atrás. A questão é que da parte do MpM pouco ou nada tem surgido que mereça que possamos escrever.

      3
      2
  3. O que é que a Câmara está à espera para criar mais estacionamento no Centro Tradicional, sem grandes custos?
    A Câmara adquiriu, há cerca de 1 ano, as instalações da antiga Mortensen., O que é que já lá se fez? NADA
    Sem grandes custos a Câmara poderia aí criar cerca de 300 lugares de estacionamento, bastando apenas derrubar o muro que separa estas instalações com o já existente estacionamento da Cerca, e retirar o muro, portão e casa da guarda, ligando este parque à Rua do Matadouro, ligando assim a Rua Infante D.Henrique e a Rua do Matadouro.
    Seria, igualmente, uma mais valia para a instalação do MERCADO MUNICIPAL nos Estaleiros Municipais – criação de mais estacionamentos e melhores acessos.
    Qualquer Executivo com visão de futuro e com vontade de trabalhar teria desde logo realizado aquelas pequenas obras sem grandes custos.

    5
    1
  4. Porque chumbou o MPM, a alteração do quadro de pessoal da câmara como mandava o estudo?
    Chumbam e depois fazem declarações de voto?
    Tretas e mais tretas. O povo está atento.

    • Foi só o MPM?
      Qual dos estudos? O primeiro? O segundo? O terceiro? O quarto? E desde quando é que a proposta do novo quadro de pessoal que foi três vezes à câmara foi fundamentada em qualquer estudo? Não lhe parece que se tivesse resultado de um estudo, estaria lá a exposição e fundamentação para o que queriam fazer? Abra os olhos!
      Deve ser uma das lambesgoias rastejantes que ia passar a receber um ordenado principesco para nada fazer senão continuar a esbanjar dinheiro em palhaçadas e nada de construtivo.
      Não me venham com mais tretas de criar mais poleiros para distribuir por boys.

    • Qual estudo? O primeiro? O segundo? O terceiro? Ou o quarto? Todos eles a apontar para soluções diferentes. Estudos à lá carte.
      Há para todos os gostos e para qualquer circunstância ou estado de humor. Palhaçada.
      Isto é uma anedota!

  5. O IPL já abriu cá a escola que justifique a compra da Albergaria Nobre? E as obras para o efeito? Fazem-se sozinhas ou o IPL vai fazê-las pela câmara, da mesma maneira que a câmara anda a fazer as do estado em vez de utilizar os recursos e os técnicos para fazer as suas?

  6. Ainda bem que reprovaram a alteração do quadro de pessoal. Precisa-se de mais pessoal operário a trabalhar e menos boys a mandar. A Câmara já tem boys q.b.

    • Caro Fernando, (Não sou do MPM!)
      Se como refere, a lição que tira daqui é essa… Então quem está chumbado, é você!
      … E não só não passa, como retrocede um ano!
      Para propostas de merda, só chumbo mesmo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário