CMMGPSTestas

Desde algum tempo que a câmara tem usado a rede do Facebook para ir fazendo publicidade à sua actuação, num misto de informação aos munícipes e propaganda eleitoral antecipada. A última que foi feita disse respeito ao facto de terem andado a asfaltar estradas. Segundo a publicação da câmara foram 3.1 milhões gastos no asfalto. Numa altura em que se sente a falta das obras que deveriam já estar quase concluídas e nem sequer iniciadas estão e em que há informação de uma baixa execução orçamental, nada como publicitarem gastos efectuados. Aquilo que foi gasto estava orçamentado e há que não esquecer que o saldo de caixa que foi injectado este ano relativo àquilo que não foi executado o ano passado foi elevadíssimo e muito superior ao que agora dizem que foi gasto. Ainda assim, como convém e é necessário quando há que manter o lugar, o adjunto comentou a publicação afirmando que foi um “grande esforço orçamental” por parte da câmara! Tal afirmação, como outras que tem feito, não pode deixar de ser vista apenas como um enorme esforço que faz para subir a escada do poder de modo a conseguir manter o lugar. A afirmação não é mais do que um acto de bajulação (que na gíria se chama ‘dar graxa’) porque é apenas algo desprovido de sentido. Esforço orçamental existiria se a câmara estivesse endividada e, para fazer as obras, fosse necessário estar a tirar de um lado para o outro, numa boa gestão financeira, de modo a conseguirem que o dinheiro esticasse. O que foi feito é o oposto disso e longe de um qualquer esforço orçamental. A câmara tem os cofres recheados e gastar 3.1 milhões em asfalto tem apenas o esforço de abdicarem de ter a conta bancária recheada e darem ao concelho parte daquilo que ele precisa. Já se sabe que na política vale quase tudo e que os agente políticos fazem afirmações que são, na grande maioria, apenas para convencer os eleitores. Neste caso, a máquina de propaganda do partido que gere a câmara parece apostado em fazer do limão uma limonada, criando uma imagem de um bom trabalho por parte do executivo quando quem aqui vive não é isso que sente. Se gastar 3.1 milhões em asfalto numa câmara rica é esforço orçamental, que nome se dará à gestão que tem sido feita bem aqui ao lado, em que uma autarquia endividada tem conseguido mostrar muito mais obra e melhorar a qualidade de vida de quem lá vive do que aqui não acontece! Entende-se que há afirmações não sérias que são próprias de quem quer estar no poder, mas não enganem os munícipes.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 comentários

  1. É um “boy” muito mais competente e inteligente que a treta de boys que o ps da marinha tem por cá. Está a ocupar o lugar que o bruno se anda a pôr em bicos de pés para ocupar, mas esse é tão fraquinho que até mete dó.

    • É mais um “esperto” da politiquice!
      Salário de príncipe, produtividade zero!
      Os Médicos, ganham metade do “boy”, escusam responsabilidade por nem terem condições para prestar o serviço que juraram.
      Dá que pensar… Mas eu é que sou populista.

    • Oh Testa não ofendas os militantes do PS da Marinha Grande que te sustentam aí na Câmara bem como a essa “matilha” de inúteis – Cidália, Nelson, Caetano, Célia e mais uns quantos bajuladores da Cidália.

    • Velha estratégia de minar a credibilidade dos potenciais adversários para eliminar a concorrência que tem potencial para fazer melhor. Tristeza. Um comentário mauzinho aqui, outro ali, para condicionar a opinião pública. Jogo baixo. E quem é do marketing e comunicação sabe bem.
      Uma total falta de ética e de princípios.
      Já sabemos. Uns dirão que são todos assim e que vai ser sempre assim. Pois eu digo que não me conformo e não quero esta gentinha na política. Já é hora de exigir excelência, integridade e competência, venha ela de onde vier.

      • Todos ( Cidália, Caetano, Célia, Nelson, Testas e o que quer entrar na CMMG, Bruno), parecem a sharanga a passar e os munícipes, seremos a comer tremoços e a bater palmas. Tudo é aceite e ninguém faz nada, não conseguem executar um orçamento, fazem compras de ajuste direto como lhes conveem, e nós os munícipes aceitamos, somos uma vergonha. CHEGA, queremos outros, PS renova-te, mas renova-te mesmo, chega de boys.

  2. Espera-se a justificação da perda de fundos comunitários que estavam alocados à Marinha Grande e por incompetência deste Executivo Municipal serão irremediavelmente perdidos em favor de outros municípios mais ativos e competentes.

  3. O Editorial do jornal cá da terra está o máximo, sobretudo o ultimo assunto abordado de elogia à esposa do sócio maioritário do mesmo jornal e que permite os pagamentos de milhares de euros de publicidade no mesmo jornal.
    Curioso também são os pagamentos à Junta da Marinha sem comprovativos de despesa.

    • Este comentário só pode ser da ala dos incompetentes e ressabiados que querem acabar com toda a gente que trabalha com transparência, competência, rigor e profissionalismo para sobressaírem. Dos que se arranham uns aos outros para aparecer no jornal e nas fotos das redes sociais a mostrar que fazem, porque de outra forma nem eram dignos de menção.

  4. Mas o mais engraçado é que gastaram dinheiro(ou deram a quem espalha o alcatrão) na pavimentação de algumas estradas que passado alguns dias já tiveram que levar remendos e onde outras o alcatrão abateu

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário