BrunoNelsonPS

Sabe-se que o presidente da concelhia do PS e chefe de gabinete da Cidália, o Nelson, apesar de ser um fervoroso militante do partido, nunca deixou de pensar pela sua cabeça, para mal de muitos que seguem o partido de forma cega. A propósito da aprovação do Orçamento pela câmara de Leiria o Nelson escreveu que “Excelente forma de apresentar e explicar um Orçamento Municipal e a importância que tem para o normal funcionamento da CM – a bem de todos! – a aprovação do mesmo! Parabéns ao Gonçalo Lopes pela iniciativa e pela aprovação deste Orçamento que seguramente assegurará a continuidade de uma gestão rigorosa e favorável ao desenvolvimento sustentado do concelho de Leiria”. A afirmação poderia ser vista apenas como um elogio ao presidente da câmara de Leiria, mas é muito mais do que isso. Quando o Nelson escreve que escreve e enfatiza com a expressão “a bem de todos!” não pode deixar de ser visto como um cartão vermelho que está a passar publicamente à gestão da câmara da Marinha sabendo-se, como se sabe, que a incompetência de quem governa fez com que estejamos ainda à espera de uma proposta de orçamento, orçamento que deveria ser aprovado este mês! É clara a mensagem que o chefe de gabinete faz para o interior do partido como quem diz ‘olhem para o concelho do lado e vejam como se faz uma boa execução e se dá ouvidos à população‘. No lado oposto está o ex-candidato à presidência da concelhia que, esquecendo que a câmara da Marinha, pela mão deste executivo, foi incapaz de executar mais de metade do que foi orçado e tem a proposta de orçamento ainda por apresentar, dispara em todas as direcções esquecendo igualmente que, tirando o Interface, todas as propostas do executivo foram aprovadas, até o orçamento no ano passado! É a visão seguidista de quem tem cartão de militante. Quando escreve que a “atitude burocrática com que travam a Marinha Grande nas reuniões de Câmara” parece igualmente esquecer que há duas formas de gerir os assuntos: a incompetente que se basta com qualquer coisa que chega para aprovação e a cautelosa que exige que a lei seja cumprida antes de ser tomada uma qualquer decisão. No que diz respeito a cumprimento de regras, parece esquecer que a Cidália apenas se preocupa com o cumprimento do regimento para mandar calar os munícipes ou a oposição e não tanto com as exigências formais que têm que presidir cada tomada de deliberação. Não é por acaso que surgem as anulações de deliberações antes tomadas por serem ilegais e os pedidos constantes para fundamentações que, sendo essenciais, escasseiam (não que quem gere o município pareça preocupar-se com isso!).


Seguir
( 4 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

22 comentários

  1. O bruno igual a si mesmo. Sempre à procura de passar graxa a ver se lhe calha alguma coisa. Tivesse ele um décimo da intelig~encia e capacidade do pai e o ps teria ali um bom quadro, só que não…

    2
    1
  2. Volta Armando Constâncio, o teu filho não aprendeu nada. O Nelson sempre com o olho na presidência e a ver o perigo da recandidatura da Cidália, co.eca a marcar território. A esta distância das eleições é que se começa a tomar posição, quem vem atrás molha no vinagre!

    2
    1
  3. Eu daria com toda a certeza um cartão vermelho aos dois, um, pela sua arrogância, falta de capacidade de agregações, falta de conhecimento concelhio e principalmente, pela falta de camaradagem de quem lhe deu a mão para estar na CMMG, ao outro, o derrotado da concelhia, pela falta de tudo, não lhe consigo dizer pela falta de alguma coisa, porque ele não tem nada. Pergunto eu, sendo o PS um partido com tradições e principalmente por ter tanta gente que o segue de forma quase religiosa, não existe ninguém mais capaz?
    O elogio à aprovação do orçamento em Leiria, a mim cheira-me à procura de tacho, mas o Gonçalo sendo inteligente, como acho que é, não quer perto dele, pseudopoliticos.
    O que tu queres, senhor presidente da concelhia, é a presidência da CMMG, primeiro, andaste encostado à Cidália, agora que viste a sua incapacidade, já lhe dás com os pés. Verdadeira falta de camaradagem politica.

  4. Daqui até às eleições será a queda continuada da Cidália, emporrada de fininho pelo padre Nelson. O Bruno já é uma carta fora do baralho.

  5. Dr. Araújo, parece que se for a votos o seu partido não vai gostar dos resultados.. Precisa de chamar o padrinho Costa o quanto antes, não vá a sua camarada Cidália antecipar-se no convite! Boa sorte

      • A sra. Cidália sabe bem como se intriga, dentro do PS local – distrital e nacional, para ser candidato a Presidente de Câmara, daí não estranhar as intrigas já iniciadas há tempo pelo dr. Nelson.
        Está a repetir-se o cenário já visto, em que a sra. Cidália era a Presidente local do PS e o Vicente era o Presidente da Câmara o resto foi o que se viu.

  6. Tive o cuidado de ver o video da explicação que a Câmara de Leiria fez sobre o orçamento do município. E ao mesmo tempo ler o que diziam nas redes sociais os protagonistas desta calhandrice.
    Qualquer um deles a utilizar a sua maneira de se expressarem mas a dizerem o mesmo.
    Um trabalho bem apresentado e de fácil percepção e que poderia ser usado por qualquer outra Câmara.
    O que me deixou confuso são as acusações nos comentários.
    Então o candidato derrotado do PS não era contra a Cidália e contra o aparelho.?
    Agora já é lambe botas e servidor do cartão de militante.?
    Será que o rapaz incomoda assim tanto que tenham a necessidade de chamarem o pai dele para o barulho.
    Isto cheira me a gente do PS a tentar fazer assassinatos de caráter para o eliminar de alguma coisa ou de coisa nenhuma.
    Só espero que o Bruno C. tenha aprendido que à causas que não valem a pena e esta é uma delas.

    • Não, não, parece que foi o Nelson Araujo que andou a difamar a camarada Cidália aos demais militantes do partido, quando ganhou a concelhia, nunca tendo deixado de aproveitar o poleiro que esta lhe prometeu quando se zangaram as comadres. Isto é que é sentido de oportunidade para violar qualquer código de conduta e confiança política! PS PS PS

      • Caro Curioso.
        A vida não dá voltas.
        As pessoas é que usam as palavras como armas de arremesso para atingir os seus fins.
        Mas continua sem me responder o que acha que aconteceu para esta mudança de 180° nos papéis políticos assumidos anterior e posteriormente.

      • Caro Voltaire. Essa é uma resposta que apenas os visados podem responder. Não deixa, no entanto, de ser uma mudança estranha quando se vê que não há motivos de facto que justifiquem essa reviravolta.

  7. O Bruno C. é um puro, um militante solidário, crítico interno, mas defensor dos que representam o Partido nas diversas instituições e se critica será nos lugares próprios.
    O outro o Dr. Nelson é exatamente o contrário, hipócrita, dissimulado, bajulador, interesseiro, sem crítica interna mas traiçoeiro e intriguista externamente. “Cospe no prato onde comeu a sopa”.

    5
    1
  8. O Nelson veio a correr desmentir a
    Notícia do Jornal da Marinha avisando que não há candidaturas antecipadas! Aflitinho pois acha que vai ser ele o candidato.
    Mas como contornar a regra do PS que impõe a possibilidade da Cidalia se recandidatar caso ela queira? E se ela quer! Adora poleiro, a Cidalia. Adora penacho. Incompetente como é, resta-lhe o tacho.

    • O Nelson está a fazer á Cidália o que a Cidália fez ao Vicente no mandato anterior. A dúvida é saber se Pedrosa dá uma mãozinha como o fez anteriormente já que a Cidália é uma marioneta nas suas mãos.

    • O dr. Araujo já coloca suaves porções de veneno na comida da Cidália para ver se não resiste aos próximos dois anos. A azia é crescente. E não é só da própria. PS da minha terra, que é feito de ti, que morreste?!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário