CMMG

Ainda intrigados com o que se passou com a entrega do ‘robot’ a uma empresa recém nascida, durante o dia de ontem e hoje pedimos a 4 empresas orçamentos para que nos criassem um chatbot (é o nome correcto) que seria implementado na nossa página do Facebook em articulação com o Largo. Recebemos há minutos o último orçamento. Os preços variam entre os 800 euros e o 4950 euros. Por curiosidade fomos também ver quanto tem sido pago por empresas que fazem as suas aquisições nas plataformas públicas. A MEO, uma das gigantes de comunicações, comprou um chatbot por 4992,00 euros. Em termos automobilísticos a câmara deve ter comprado um Ferrari!


Seguir
( 3 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 comentários

  1. hummm… ajuste direto a preços anormalmente altos face aos preços correntes de mercado para o mesmo tipo de bem???????? cheira-me a esturro, há que investigar tanto mais que a empresa não tem curriculo de fornecimentos

  2. Curioso, este bot vai mesmo dar respostas. Até aquelas, que os eleitos não dão!
    Quando perguntarmos ao chatbox, quando vamos ter uma piscina, ele vai ter resposta para nos dar. Vai ser maravilhoso!
    Quando os funcionários quiserem saber quando vão ter cantina, vão perguntar ao chat box!
    Os empresários já não precisam de mendigar respostas na câmara. O chatbox vai ter todas as respostas…
    ATENÇÃO ALEXANDRA E AURÉLIO:
    Sugiro que se substitua a presidente nas reuniões de câmara, por um monitor com o chatbox. Assim os vereadores passarão a ter respostas às suas perguntas.
    Brilhante ideia!
    Assim, percebe-se o chatbox da Marinha Grande ser mais caro, que qualquer outro.

  3. Caro Curioso,
    consegue nos dizer se neste procedimento apenas foi convidado a apresentar proposta esta empresa ou o convite foi realizado a mais do uma empresa?

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário