CMMG

O Observatório falhou na função que tinha. A demissão de um dos especialistas é o culminar de um percurso que poderia ter sido glorioso e poderia ter trazido algo de bom para o concelho. Desde muito cedo se percebeu que o incêndio no pinhal era o palco ideal para que alguns políticos aparecessem. Aqui passaram ministros, secretários de estado e até o primeiro ministro cá veio. Tudo servia para o espectáculo que interessava politicamente. Localmente foi a desculpa para que muita coisa ficasse por fazer porque o pinhal é que estava a dar, ao mesmo tempo que dava palco para que lágrimas corressem pelo rosto, lágrimas que não tinham tradução em acções concretas. Ao longo destes muitos meses a presidente deu palco aos que vinham de Lisboa enquanto aproveitava para, ela própria, ter a atenção que queria. Durante muitos meses andou a tentar convencer alguns que tudo estava a ser feito como devia. Nesses mesmos meses notou-se que foi tendo o cuidado de não permitir ter ao seu lado aqueles que poderiam contestar. Desde o Sales, que ‘avisou’ de dedo em riste, para que não se metessem numa questão que era política, à Cidália que tudo fez para que os ministros e secretários de estado não tivessem contacto com os contestatários, tudo foi feito para que a agenda política se sobrepusesse aos interesses do concelho. Noutros tempos não teríamos tido uma presidente que mandasse retirar faixas de protesto quando foi a visita do ministro. Teríamos tido alguém que estaria a segurar uma delas. A inércia da autarquia na defesa dos interesses do concelho no que diz respeito ao pinhal é gritante. A autarquia tudo fez para que apenas a presidente fosse vista quando se sabia, desde o início, que seria incapaz de bater o pé a quem quer que fosse. Hoje temos a mata como todos sabem sem que consigamos ver algo que tenha sido feito por quem nos deveria representar que possa dizer-se que foi bem feito. Quando um concelho tem como representante quem não defende os seus interesses, mas se preocupa mais com a defesa do seu partido e daqueles que o representam, é um concelho que perdeu a sua identidade e que não poderá ter muita esperança no futuro. Seria interessante que a autarquia divulgasse as acções que foram desencadeadas pela presidente que tivessem tido resultados práticos.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

5 comentários

  1. E é isto mesmo. Parabéns pela análise. E os marinhenses vão suportanto este autêntico roubo às suas raizes? Estou cada vez mais desiludida com tudo isto.

  2. Muito bem! Excelente análise! Se a Cidália se tivesse aliado ao Pinhal é Nosso, outro galo cantaria. Em vez disso, só soube criticar esse pessoal e aliar-se aos de Lisboa, contra o nosso Concelho.

  3. Uma presidente que vira as costas à luta da sua gente, num dos maiores gestos de união que esta terra histórica testemunhou recentemente, que une todos em torno da mesma causa, só tem uma solução: obviamente, demita-se!
    Perguntemo-nos pois que resultados teríamos atingido se tivéssemos trabalhado todos do lado do Pinhal é Nosso, se todos tivéssemos gritado do seu lado, executivo incluído. Mas a nossa presidente BLOQUEOU tudo o que pudesse beliscar os seus manos de tacho. Escondia a vinda de ministros, tv’s, as faixas que davam voz à dor do Pinhal do Rei.
    Inércia, inaptidão, ignorância, má vontade, má fé! Isto não é apenas uma falha na gestão autárquica, a forma de agir deste executivo é um CRIME!!
    Obviamente, demita-se senhora!
    A sua “crátera” já não esconde a sua pouca vergonha!

  4. Eu ,.volto disser que esta página pertence a uma oposição fracassada e sem rumo , vocês vêm disser o que é mentira , quando veio cá o ministro ver o que se passa passados praticamente dois ano? Quem chamou cá um unico responsável do governo ? Perante a iminência do corte alguém veio a terreiro chantagear o próprio governo ? Pelas.estradas ? Só algumas , Alguém desta triste Câmara e essa gente que nem pelouro têm , vieram a terreiro disser algo? Exigir.? Proibir o corte sem contrapartidas ,? Claro que.Não., entreguem a Câmara aos vizinhos , isto nem parece que vivemos num país onde vale tudo , vocês autarcas vão ficar na história como os mais incompetentes , mas nunca se esqueçam , vocês lideram uma das cidades mais industrializadas do mundo , sem favor , Ganhem vergonha e pensem como tal

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário