CMMG

Ontem, tirando os munícipes que encontrámos no parque das merendas, não conseguimos encontrar outros locais onde houvesse pic-nics. É normal, não havia onde. Uma coisa que também não conseguimos encontrar, depois de vasculharmos as redes sociais foi fotos dos eleitos e seu staff, foi fotos de algum deles a fazer o pic-nic como aconteceu noutros anos. A única que encontrámos foi mesmo do chefe de gabinete, não a fazer o pic-nic, mas a dizer que o fez! Será que não conseguiram encontrar um localzinho que tivesse condições para poderem cumprir a tradição, como alguém escreveu que se fez? Nem para tentarem lavar a face conseguiram publicar uma simples foto de um local onde tivessem conseguido estar com o pinhal minimamente aceitável. Ou seja, a tradição foi-se e nem os políticos conseguiram dar uma imagem de que assim não seja. Estamos curiosos para conhecer a carta de desagrado que a autarquia enviou para o ICNF e para o Governo. Bom, calma… agora confundimos tudo. Esta história da carta fomos nós que sonhámos porque a câmara não enviou nada. Não podemos esquecer que uma coisa são sonhos, outra é a realidade e a realidade é uma que faz com que a nossa autarquia não saiba o que é reclamar de forma severa contra alguma coisa que venha do seu governo socialista.


Seguir
( 5 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

15 comentários

  1. em s.pedro havia varias familias em pic nic; à saida de s.pedro para a marinha ao km 8 haviam também várias familias; no canto do ribeiro duas familiase antes de chegar às árvores também.
    se queriam escrever porque não foram dar a volta e verificarem que havia bastantes familias na mata

  2. É porque não saiu dai, pq haviam muitas em muito cantinho do que resta do nosso Pinhal e muito espaço para ocupar Se podia e devia estar limpo e noutras condições tudo de acordo!

  3. Para este senhor o Pinhal está uma maravilha. Nada a apontar. Está até tudo muito bem na Marinha. Mas escreve o contrário. E critica abertamente a incompetência desta espécie de Presidente.

  4. No Samouco tb havia muita gente, de resto, como é hábito.
    Eu tinha por hábito ir para as margens do ribeiro, mas este ano a estrada estava fechada. Ao dar uma volta pela área não ardida verifiquei que a maior parte do pinhal estava cheia de mato. Quando não é mato, são fetos com cerca de 80cm de altura. Foi difícil encontrar um local para pousar, agradável o suficiente para ficar até final do dia. Muitas pessoas não foram para o pinhal por isto mesmo. Muitos vão habitualmente para o local de sempre, que estava inacessível ou ardido, e não viram condições noutros locais. Confesso que não é a mesma coisa estar junto do ribeiro ou estar no meio do pinhal cheio de mato.
    Mas o que está em causa não é se havia pinhal ou não. Havia pinhal, mas poucas condições para fazer o picnic. O que está em causa é que nada se faz para garantir o bem estar da população num dia em que a tradição ainda é mais importante que outros hábitos modernos. Ainda.
    Parece ter sido transmitido que havia essa preocupação, até porque a câmara, no ano passado, anunciou publicamente que tinha garantias que tudo estaria limpo na zona do ribeiro para a quinta feira da ascensão, mas no final, nada aconteceu e tudo está praticamente na mesma.
    Querem que se diga o quê? Que se faça o quê? Que não expressemos a nossa opinião?
    Já lá vai tempo!

  5. Caríssimo Nelson,
    Estou solidário com o meu amigo. Não dê valor as estas maldosas críticas vindas de quem não sabe aproveitar a luz da vida.
    Não vale a pena justificar-se nem tentar mudar a opinião desta gente disfuncional e acomodada.
    Meu amigo “Corações ao Alto” e siga…
    Um abraço

  6. Só fico a pensar, quem é que está gente quer enganar…
    A vergonha na cara é esquecida com o tacho que tem.

    Não vale nada a palavra deste “sr”

  7. Vítor Silva, fica a pensar, pensa, pensa…. e insiste. Treina bastante, pode ser que te saia alguma coisa dessa cabecinha.
    Com coragem e força de vontade ainda consegue ser admitido na Quinta do Magoito… sem estresse.
    Bom esforço

  8. Também estive nesse estabelecimento a tomar café! e tivemos mesmo pertinho a fazer o nosso pic-nic como manda a tradição, aproveitamos e limpámos o nosso cantinho, foi pena não ter uma carrinha para levar para casa tanta lenha e pinhocas! mas depois lembrei-me que é proibido! mas que aquele nosso cantinho ficou limpinho, isso ficou!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário