CMMG

As festas podem não correr como se poderia esperar, esperamos que não! O concurso para que fosse adjudicado a uma empresa a realização das festas foi lançado já tarde. Havia empresas que concorreram e que mais ou menos se esperava que pudessem ser aquelas às quais iria ser feita a adjudicação. Isso levou até a que houvesse comentários por parte de alguns vereadores de que o concurso estava mais ou menos feito à medida. A surpresa surgiu, e isso viu-se na cara da Célia quando o assunto foi falado, quando aparece uma empresa fora daquelas que poderiam concorrer e que, apresentando um preço inferior a todas as outras levou a que ganhasse o concurso. Essa empresa, criada há menos de um ano, faz parte de um grupo de empresas originárias de Brasília. Os seus sócios, de nacionalidade brasileira, têm empresas no Brasil, mas aqui não lhes é conhecida actividade. Quando o contrato for assinado com a câmara, porque ainda não o foi, será o primeiro que aqui fazem. E aqui poderá residir um dos problemas! A quinze dias do início das festas, o contrato não está ainda assinado. Apesar de no site da empresa ‘mãe’ existirem eventos que terão sido organizados por eles, aqui não lhes é conhecida actividade na área. A esperança é a de que tudo corra bem, mas é possivel que os problemas possam surgir em breve se o contrato não for assinado dentro de horas.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 comentários

  1. Deixe estar. Já deve haver alguém á espera e preparado para assinar o contrato para a mesma coisa, e para chegar ao parque nos próximos dias. Vamos ver é se é, ou não é, para quem o fato parece já ter sido talhado, como disseram os senhores vereadores, e quanto (€) a mais é que isso nos vai custar a todos.
    Isto são umas atrás das outras.
    Minhas senhoras, façam um favor ao povo marinhense e demitam-se, já!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário