Festas

Finalmente a câmara deu a conhecer o plano das festas. Já não foi mau, podia ter sido mesmo na véspera. Não há muito a dizer sobre o que foi dado a conhecer. Praticamente já tudo se sabia. Há, no entanto, algo que não deixámos de reparar e estranhar. Sempre pensámos que as festas, para além de poderem ser um momento de diversão e servir para permitir que as colectividades e associações ganhem algum dinheiro, serviria para divulgar aos que aqui virão o nosso concelho. Na secção destinada à divulgação empresarial pensámos que iria ser destinada a poder ser feita divulgação dos diversos sectores que aqui existem. Não é o caso! Bem juntas uma a outra vão estar duas empresas de intermediação de imóveis. E ficamos sem perceber a lógica disso acontecer. A explicação parece, no entanto, ser fácil de encontrar. Como a autarquia não tem uma atitude pró-activa de ir junto das associações dos diversos sectores que aqui existem e convidá-los a estarem presentes e mostrarem o que se faz, fica sujeita aos que querem aparecer e chega-se ao momento em que o concelho não está minimamente representado nas festas. Vamos ter nas festas venda de comes e bebes e de imóveis! Que bom!!! Quem aqui vem não fica a saber que há industria de moldes ou vidro e mesmo que se desloque à zona onde estão as seis barraquinhas não vai encontrar nada que represente verdadeiramente o que se faz no concelho. Perdeu-se uma excelente oportunidade de dar a conhecer a quem não sabe que somos uma terra industrial.


Seguir
( 3 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

15 comentários

    • É verdade. Oliveira de Azeméis tratou do assunto.
      Qualquer dia levarão o museu dos moldes, e alguém há-de vir e levar também o da floresta, da mesma forma que Leiria levou o dos plásticos. Isto só para falar em museus.
      Não podemos esperar mais.
      Só podemos mesmo resignar-nos e esperar que passe, como parece que a oposição está a fazer, principalmente a muleta da CDU, mas todos sem excessão.

  1. A nossa indústria já é conhecida sem divulgação! Já é uma marca da Marinha!! Sempre a reclamar…. Deviam ir fazer melhor…. Eit…

    • Não seria muito difícil, mas eles é que disseram que eram bons. Cabe a eles demonstrar isso. Até agora ainda não vimos nada.

  2. Claro, nada é difícil para quem só fala… Ou escreve. Reparar no mau é fácil… Criticar ainda é mais….! Gostava de ver um post vosso a apontar o bom…. A elogiar… Ou, ineditamente, a sugerir melhor! Isso sim, era de valor! 😁 Façam o esforço, vão ver que até sabe bem…. Nao é assim tão mais difícil… Basta quebrar o hábito! 😂😂

    • Um Post para elogiar o que fizeram de bom? Penso que será difícil encontrar o que fizeram de bom! Não fizeram nada! O Senhor deve viver em outra cidade ou então está de passagem, só pode ser.

    • Se eu fosse presidente já teria aprendido muito com o muito que se tem escrito por aqui, sem precisar que me sugerissem ou dissessem como e o que fazer.

  3. Não tem lido o que escrevemos. Se cada texto que escrevemos for lido sem ser do modo como parece que o faz, verá que em cada um deles está a forma como achamos que deveriam agir. Não se trata de criticar por criticar, trata-se de nos basearmos em factos. Cada reparo que fazemos tem implícita a forma como agiríamos, ou seja de modo oposto ao que achamos estar mal. Quanto ao dizer bem, eles já se encarregam de fazer isso, não precisam da nossa ajuda.

    • Grande resposta! A máquina de propaganda do PS usa e abusa da Câmara e do que é pago por todos nós, para fazer do poucochinho um grande show off. Abram os olhos.

    • Proponho que se candidatem nas próximas eleições. Ah, espera, já se candidataram pelo MpM e perderam. E vão continuar a perder…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário