CMMG

É indiscutível que as estradas do concelho estão uma miséria. Todos o reconhecem. Sempre que vemos uma obra a ser realizada por particulares ficamos sempre à espera que surjam as habituais valas para que se façam as ligações ao saneamento, gás e tudo o mais que é necessário. Há dias passámos numa da estradas da Embra onde estavam máquinas a abrir valas. A primeira ideia que vem à mente é a de que é mais uma estrada que vai ficar com remendos. E eles lá estão. Tivemos a curiosidade de ir saber o que iria ali acontecer e temos que reconhecer que ficámos surpreendidos! As valas foram abertas porque têm que o ser, mas irão ser tapadas com um tapete de asfalto completo para que não fiquem os remendos. Claro que quando soubemos disso ficámos espantados com as exigências que estavam a ser colocadas pela autarquia. Mais surpreendidos ficámos quando soubemos que o tapete vai ser colocado porque quem está a construir o edifício quer colocar o tapete e não por exigência da autarquia. Ou seja, para a câmara não haveria problema que aquela estrada ficasse com os remendos que são habituais, que mais cedo ou mais tarde se transformam em “cráteras”. Quando ali se começar a ver ser colocado o tapete que irá permitir que todos nos possamos passar sem sentir que estamos a fazer corta-mato isso dever-se-á à vontade dos privados que ali estão a construir e não porque a câmara o tenha imposto. Não admira, por isso, que as estradas estejam no estado em que se encontram quando é a própria autarquia que não pugna para que quem estraga faça novo.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 comentários

  1. Passo aí todos os dias e pensei mesmo que esta era mais uma rua a ficar condenada aos buracos. Ainda por cima, alguns dos remendos parecem lombas. Fico contente por saber que no final, a estrada voltará a ser asfaltada, mas desiludido por saber que não é uma exigência da CMMG…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário