CMMG

As festas estão quase aí e ontem ficou-se a conhecer o ‘programa das festas’. Os artistas que vão actuar não são, na nossa opinião, as melhores escolhas, mas claro que isso é uma questão de opinião e gosto. Depois de se ter conhecimento do programa ficou-se com a clara sensação do que há dias escrevemos sobre a opção de abrir as festas no dia do feriado municipal. Às 17 abre a zona das tasquinhas o que faz com que muitos abandonem a ideia de irem para o pinhal, a par dos muitos que vão estar ocupados a ultimar a abertura das tasquinhas. Confirma-se que foi uma ‘jogada de mestre’ a de estender o dia das festas para cair em cima do feriado e assim levar a que muitos não pensem sequer em ir para as estradas fechadas do pinhal. Quanto ao programa das festas, não se pode dizer que haja uma grande inovação em relação ao que foi a primeira edição e não é fácil perceber o que motiva um incremento tão grande em termos de custo. Uma última nota para a preocupação em convidarem o marido da vereadora para actuar. Será para conseguirem alguma benesse em votações futuras? 🙂


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 comentários

  1. O cartaz das Festas é uma lástima. Tratam tudo em cima do joelho e depois só sobra o refugo. Gastam-se 260 mil euros! Para ouvir artistas que apesar de terem mérito, a Marinha poderá aspirar a outro tipo de artistas, julgo eu!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário