Problemas à vista?

As festas podem não correr como se poderia esperar, esperamos que não! O concurso para que fosse adjudicado a uma empresa a realização das festas foi lançado já tarde. Havia empresas que concorreram e que mais ou menos se esperava que pudessem ser aquelas às quais iria ser feita a adjudicação. Isso levou até a…

Cancelado

O ano passado, por esta altura, já muito se sabia do estado do Orçamento Participativo para esse ano. Há umas semanas a Cidália afirmou que estiveram para não o realizar, mas, no final das contas, decidiram fazê-lo. Este ano não se sabe de nada. A conclusão que se pode chegar é a de que foi…

O vidro

Somos a cidade do vidro. Centenas de camiões entram e saem da terra todos os dias. As empresas que aqui laboram são uma das maiores fontes de receita da autarquia na vertente de impostos. Seria de prever que a autarquia desse atenção a tudo o que tem a ver com essa actividade. Não, não vamos…

Inconsolável

A senhora devera estar inconsolável. Há a noticia de que o seu grande amigo Rogério foi para o olho da rua. Foi tarde! A notícia da TSF dá conta de que ele terá sido demitido já que foi substituído e não se demitiu. Como vai fazer agora sem o grande amigo do pinhal de Leiria…

Cadê eles!? II

Sobre o texto que escrevemos ontem sobre a ausência dos bombeiros, recebemos um esclarecimento de uma pessoa ligada à corporação que é para ser mantido em anonimato, mas que diz o seguinte: “Por razões óbvias não devo comentar a publicação sobre a presença dos Bombeiros da Vieira, tanto na pista de gelo como nas festas…

Os sacrifícios

Devemos reconhecer que consideramos a Isabel como sendo um politico que não entra em folclore, designadamente o folclore que surge nas campanhas eleitorais. Não nos pronunciamos quanto à seriedade porque consideramos que, com mais ou menos competência, todos os nossos autarcas o são e, como tal, ela não é excepção. Dito isto, é com espanto…