CMMG

No Natal colocaram umas barracas em madeira mesmo em frente à Resinagem. Foi uma ideia interessante, mas sempre pensámos que depois de passar a quadra festiva as barracas fossem desmontadas, arrumadas e preservadas para futura utilização. Engano nosso. Estão no mesmo local onde foram montadas e parece serem para ficar. Ainda se entendería que ali estivessem montadas todos estes meses se lhes tivesse sido dada alguma utilidade. Não é o caso. Tudo aponta para que ali morram deterioradas ou vandalizadas por incúria de quem manda. Claro que se entende que possa haver outras prioridades e que, com tanto dinheiro no banco, comprar novas barracas de madeira nem é assim um problema tão grande.


Seguir
( 3 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 comentários

  1. Não acertam uma. Nem sei como o Curioso pode achar interessante uma ideia tão michuruca. Seis barraquitas… Estamos na Marinha, bolas! No topo da Indústria! Montam seis barraquitas e o povo fica exultante… Pobreza de Câmara esta.

    • Caro Anónimo. Entre nada e alguma coisa, parece-nos que é melhor alguma coisa. Para uma autarquia que tem eleitos sem ideias, qualquer coisa que apareça feita já pode ser considerado como interessante.

  2. Seis barraquinhas para juntar ás muitas outras barracadas com que este executivo nos tem brindado constantemente.
    Esta presidente que o PS nos impingiu é um desastre, um atraso

    1
    1
  3. Caro Curioso,
    Por acaso, gosto muito das barraquinhas. Pena que não sejam devidamente aproveitadas. Uma boa utilização seria serem aproveitadas para as reuniões do executivo. Cada uma das três fraquezas políticas ficava com uma e a outra era para o público. Assim, podia ser que as reuniões fossem mais produtivas!

    2
    1
  4. Anónimo das 11:49, ou multinomes, ou galinha multicores… tenho que lhe dizer que o meu “amigo” é destabilizador, mas com alguma piada, eu até me atrevo a pensar que muito do sucesso do largo, deve-se a tão ilustre desconhecido. Lanço-lhe um desafio, crie um prefil falso, para nos continuar, de uma forma patética, a brindar com as suas macacadas, ou jumentisses

  5. Cara Mula Velha,
    Agradecidos, pelas suas palavras de motivação. É sempre bom receber o carinho de outros comentadores, atentos e críticos do sistema instituido. No que diz repeito à “Loja Multinomes”, infelizmente nem sempre estamos todos presentes. Reunimos algumas vezes por ano e da última vez foi no Largo das Calhandrices. Como julgo que sabe, temos imensas solicitações, pois um pouco por todo o lado existem inúmeros jumentos, que precisam da nossa atenção. Ao contrário do que pode pensar, não são uma espécie em vias de extinção; há e haverá sempre muitos jumentos por esse mundo! Exemplo acabado é esta malta do dito largo. Mas podemos garantir à amiga Mula Velha que alguns dos nossos membros estão sempre atentos, nomeadamente a Galinha Preta e a Rosa Galinha.
    Esperamos também contar consigo a próxima vez que o Macaco sair dos eixos, com aquelas atitudes fascistas e comentários insultuosos, e a turba zurrante que o acompanha e que ferem todos os democratas.
    Despedimo-nos cordialmente prometendo voltar brevemente.
    Com sincera amizade e gratidão pelas suas palavras, “ob ligatus”.

    • Caro Anónimo. Foram usadas há mais de três meses. Estão ali inutilizadas há esse tempo. Daria muito trabalho desmontar e voltar a montar certo?

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário