CMMG

“A FREGUESIA da MOITA CONTINUA A MARCAR PASSO
Face à situação decorrente da demissão de um dos membros do Executivo da Junta de Freguesia da Moita, eleito pelo MPM, a CDU e os seus eleitos na Assembleia de Freguesia
1- Consideram que a Junta de Freguesia da Moita, presidida pelo Partido Socialista, evidenciou neste primeiro ano de mandato uma total incapacidade para gerir os destinos da Freguesia, não tendo demonstrado capacidade para reivindicar da Câmara Municipal (que é de maioria PS) obras e investimentos que há muito os Moitenses anseiam para a sua Freguesia;
2- Registam a postura do MPM, que apenas um ano após o início do mandato e de uma campanha eleitoral em que fez sua a bandeira de ‘trabalhar em prole da Freguesia” (como se fosse a única força política a fazê-lo), decide da demissão do seu elemento eleito no Executivo da Junta de Freguesia que exercia funções de secretário;
3- Consideram que tal posição demonstra também a incapacidade do MPM de alterar, enquanto força política com assento no executivo da Junta, a incapacidade da Junta para
realizar obra, optando, perante essa realidade, desistir e abandonar o barco apenas um ano após as eleições;
4- Sublinham que a situação agora criada irá degradar ainda mais a situação na Junta de Freguesia e acentuar a incapacidade do Executivo PS de gerir os destinos da Freguesia. o futuro comprovará que com este Executivo PS a situação irá agravar-se e a Freguesia da Moita continuará a padecer de vários problemas que, por culpa da Câmara Municipal da Marinha Grande de maioria PS, e por inacção do Executivo da Junta de Freguesia, também de maioria PS, estão por resolver;
5- Reafirmando o compromisso de tudo fazer para o desenvolvimento da Moita, declaram que não pactuarão com manobras que se sobrepõem aos interesses da Freguesia;
6- Por essa razão, porque foram excluídos de qualquer discussão sobre as alterações decorrentes da demissão do secretário da Junta de Freguesia, votaram contra a nova
composição do Executivo, decidida à margem das aconselháveis consultas prévias, e constituída unicamente por elementos do PS.
Moita,28 Janeiro 2019
Os eleitos da CDU da Freguesia da Moita”


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

19 Comentários

  1. Como afirmado em posts anteriores, de facto o MPM continua a fazer asneiras e criar problemas em todo lado.
    Apesar de o executivo do PS estar a trabalhar mal, esse elemento do MPM nem na assembleia devia ficar. Os pontos 2 e 3 revelam bem esta postura. Quanto ao PCP, e apesar de achar que têm feito pouca oposição neste aspecto têm razão, deviam de ser ouvidos.

    • A criar problemas em todo o lado? Vamos querer falar da ( não ) aprovação do orçamento da câmara para o ano 2019? Até faltam às reuniões só para poderem aprovar o orçamento. Ao menos sejam coerentes. ahahahah. Cambada de anedotas.

  2. Mas o PCP tem a andado a dormir a ano e meio e só agora está a despertar? Aparou e colaborou sempre na assembleia com o descalabro da junta e agora que está colada ao fundo é que dá sinal de vida?

  3. Ficou claro que o PS não quis fazer obras na Moita. Do que li, a camara acordou por diversas vezes com o executivo da junta fazer obras, mas nunca cumpriu.

    Na assembleia de freguesia (AF) ficou claro que os 3 do executivo não concordaram com o orçamento da camara para 2019, mas o presidente foi votar a favor na AM, por obrigação do partido. Foi confirmado pela presidente da AF.

    Após esta tomada de posição era unanime (incluindo os que supostamente assinam este comunicado) que não havia mais condições para qualquer pessoa responsável ficasse a aparar a vontade PS.

    Neste comunicado da CDU fica bem claro a importância do elemento do MPM no executivo, bem como a sua capacidade, ao afirmar que a sua demissão “irá degradar ainda mais a situação”.

  4. Desculpem a sinceridade, mas andam todos a brincar com os moitenses, será que esses partidos todos tem coragem de se recandidatarem nas próximas eleições? Este blog vai ficar arquivado e depois vamos ver que desculpas vão aparecer. Cambada de trapaceiros. Todos, é o jogo do empurra. por favor marquem eleições. Custa assim tanto? Querem que envie a legislação necessária? Crianças

  5. Vou dar a minha opinião: Os eleitores da Moita entenderam dar a vitória à Junta do PS, foi a sua vontade. Apenas queriam alguém bem remunerado que apenas tivesse a porta aberta para: venda selos, pagarem a luz, água, fotocópias e alguns receberem as reformas, nada mais. É que que estão a fazer e nada mais do que isso. Então críticas para quê? O presidente é um incansável, um moiro a trabalhar, não sai de perto das trabalhadoras, para que nada falhe! Uma condecoração ficava-lhe bem. O homem certo no lugar certo.

  6. Vai ficar tudo melhor daqui para a frente o jorge deu o lugar ao grácio que não sabe nem nunca houviu falar na constituição da republica Portuguesa,

  7. Olhe mais uns tristes que apareceram para fazer um frete ao Aurélio. Ele que meta a mão na consciência da porcaria que tem feito na marinha. Nem aparece a dizer nada tal não é a vergonha. A especialidade agora é o silencio.

  8. Moita, terra de gente trabalhadora e lutadora, cumpridora dos seus deveres para com as instituições (e tudo o mais) e é tão desprezada pelos políticos. Já são azares de mais: um CDM que não está ao serviço da cultura e com pouco desporto,,, um Centro pastoral começado à cerca de doze anos e com a concretização sem fim à vista, instalações da associação de S. Silvestre paradas e em risco de se poderem degradar e sem sinais de continuidade e agora a Junta de Freguesia a cumprir (mal) os serviços mínimos! Tudo porque os actores são sempre os mesmos em todo o lado e disso não abrem mão. Eleições antecipadas, já!

  9. A junta de freguesia da Moita, pese embora ter culpas no cartorio, por não falar grosso à Câmara, não pode ser inteiramente responsável pela incompetência do executivo PS que discrimina a população da Moita. Votar contra o orçamento da Junta é agravar a situação e não permitir que façam os mínimos. É jogar no quanto pior melhor à moda do MPM.

  10. Não se desculpem com o mpm, o ps sempre teve a maioria absoluta na junta. A junta é que é simplesmente INCOMPETENTE e agora entrou mais um incompetente, tudo ps.

    • Concordo consigo e espero que o povo entenda e nao vote nos mesmos, que é o mesmo que dizer que não devem votar no PS e na CDU que nos têm governado.
      A alternativa é sem dúvida o MPM que tem mostrado querer fazer diferente. Se será diferente nao sabemos, só depois de experimentar, mas devemos dar-lhes essa possibilidade para podermos ter a certeza.

  11. A Moita é uma comunidade pequena de essência social democrata. No passado apostou no socialismo democracia por ausência de provas dadas na área do centro direita. O socialismo do passado passou a ser a ausência de respostas no presente. No futuro advinha-se uma derrota humilhante do PS e da CDU no futuro. O tempo o dirá! Porquê? Porque os cargos políticos estão pessimamente mal ocupados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário