CMMG

O ano começa mais ou menos como acabou, com mais uma ruptura. S. Pedro está literalmente a rebentar pelas costuras! Desta vez mesmo pertinho da casa de alguém que já mandou, desde as 15 horas que não há água. No fundo é para que não se perca o hábito de se andar sempre com o coração nas mãos e com a pá e enxada prontas a serem utilizadas. Nunca mais começam a gastar os cerca de três milhões de euros que o Caetano disse que poderia custar a reparação de tudo o que tem que ser reparado. Um dia é tarde demais!


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário