CMMG

O dia de Natal está no fim. Para uns foi bom. Para outros terá sido mais ou menos. Para alguns não terá sido bom. Os políticos usam as redes sociais para desejar aos eleitores as boas festas. Hipócritas ou não, dão-se ao trabalho de fazer alguma coisa. Ainda que possa ser de forma fingida, perdem dois ou três minutos a escrever. Outros há que nada fizeram. A Cidália foi uma das que se borrifou para os eleitos. O Testas escreveu por ela e ela esteve-se borrifando para os eleitores. Servimos, alguns, para a eleger, mas não somos merecedores de uma mensagem pessoal. Pois bem, para ela, que se borrifou para os eleitores, desejamos que o Natal possa ter sido tão ‘doce’ quanto o que desejou aos eleitores. Desejamos que possa possa, nos próximos anos, encontrar o coração que usou para convencer alguns para a elegerem. Um eleito que usa a máquina da câmara, leia-se ‘Testas’, para dizer o que deveria dizer de forma pessoal não merece que lhe desejamos boas festas.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário