CMMG

As luzes de Natal estão ligadas. Lembramos ainda quando a principal avenida da cidade estava toda iluminada. Há anos que isso deixou de acontecer e passaram a limitar a iluminação sempre aos mesmos locais, esquecendo as ruas onde ainda subsiste algum comércio. É quase como se fosse só para os que podem ir à varanda da câmara ver. Este ano há um pouquinho mais de luzes, mas nada que mereça destaque. Quando comparamos o que aqui se gastou com o que se gastou em Leiria e o que aqui há e o que lá se pode ver, ficam dúvidas quanto a saber se aqui foi bem gasto! Mas de pouco adianta fazer comparações porque não podemos querer comparar uma coisa com outra. Aliás, as diferenças entre quem nos governa e o que acontece mesmo aqui ao lado são visíveis em pequenos detalhes. Na inauguração das luzes, naquele acto simbólico, o Raul escolheu colocar-se rodeado de crianças, no meio da rua, junto dos seus munícipes. Aqui a Cidália e a Célia preferiram ficar na varanda da câmara, como se não quisessem descer do alto do pedestal, bem longe e resguardadas de uma qualquer proximidade com os munícipes. São estes detalhes que mostram a postura de uns e de outros perante os que os elegeram. Isso depois é visível na governação.


Seguir
( 6 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

14 Comentários

  1. Cá não havia habitantes, só funcionários da câmara e os habituais figurinos deprimentes do PS.
    O mesmo de sempre. Ninguém aprende!
    Nem a copiar…

  2. As diferenças são abissais: Leiria tem mercado e já com projecto aprovado para renovação do existente, a Marinha tem aquela nojice das tendas.
    Leiria tem uma magnífica piscina municipal, a Marinha tem um taque obsuleto.
    Leiria tem mais de uma dezena de bons pavilhões municipais espalhados por quase todas as freguesias, a Marinha tem dois pavilhões municipais e fraquinhos.
    Leiria vai dignificar o património histórico que tem (Castelo) com dois acessos mecanizados a norte e a sul, a Marinha teima em abandonar o património Stephens.
    Leiria tem projecto já aprovado para o câncro do topo norte do estádio, a Marinha tem cancros espalhados por todo o lado e nem ideias apresentam (piscinas de S. Pedro, PME, acessos ZI, adutora de Alto dos Picotes, etc…).
    Leiria tem uma dívida brutal e, mesmo assim, cria qualidade de vida para os seus munícipes, a Marinha tem 16,6 M€ parados no banco à espera de um pingo de capacidade de projectar e elaborar obras.
    Qualquer comparação que se possa fazer é mero exercício de ficção.
    Ah!!! E ambos os municípios são geridos pelo PS.

    • Leiria tem GENTE QUE FAZ, com competência, dinamismo e capacidade
      A Marinha tem esta espécie de executivo que “não governa nem se deixa governar”
      Leiria tem um PRESIDENTE
      A Marinha tem uma “artista” parola

  3. Gostaríamos muito de saber quando foi feito o contrato (o ajuste), da iluminação e o valor da mesma. Seria bom para podermos comentar com certezas …que aliás, nos parece terem sido feitas (como vem sendo habitual), tarde e a más horas!
    Comparar o que se faz em Leiria com aquilo que se faz na Marinha é comparar o…incomparável!
    Para não falar noutros concelhos…!

      • 16 de novembro? Nesta data já havia muito concelho com as iluminações instaladas!
        O que quer dizer que a Marinha fica sempre com as sobras! E com os piores preços!
        Mais uma vez …esqueceram-se!
        Mas o Natal não mudou de data! É anualmente no dia 25 de dezembro!

        É de um desleixo…completo!

      • Óh Vilas, se o contrato, como diz o Curioso, tem data de 16 de Novembro, não lhe parece que a data do concurso terá sido uns meses antes. Depois não gosta que lhe chamem burro!

      • Parece que não quer entender. As câmaras deste pais adjudicam as iluminações atempadamente, não estão à espera que seja Natal para adjudicarem as obras. Se lhe disse que nessa data muitos concelhos deste pais já tinham as iluminações montadas é porque é verdade! As empresas não podem montar tudo em todo o lado ao mesmo tempo. Entendeu? Além disso não foram meses mas sim um mês e dez dias o que é manifestamente pouco.
        As câmaras organizadas preparam tudo com a antecedência necessária, para não correrem riscos de ficarem com as sobras.

        Na Marinha é tudo feito à ultima da hora seja as refeições escolares, a feira ou as iluminações de natal ou a pista de gelo.
        Esperamos que tenha entendido e que tenha um FELIZ NATAL

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário