O postal

A câmara começou já a enviar para alguns munícipes um ‘postal’ de boas festas. Bem sabemos que tudo poderá ser reconduzido a ser tudo uma questão de gosto, mas é com desgosto que vemos desaparecer o brasão do concelho das mensagens e documentos que saem da câmara. Já antes nos referimos a isso, mas agora…

A oferta

Uma vez mais há coisas que não se entendem. Quando um eleito se candidata fá-lo para que possa desempenhar a sua função em prol da população que os elege. O problema surge quando as máquinas partidárias se sobrepõem a essa vontade e dever que os eleitos têm. A Alexandra poderia ter recebido uma prenda de…

Cada macaco…

Costuma-se dizer que ‘cada macaco no seu galho‘ (isto antes do PAN conseguir o absurdo que quer). Diz-se isto sempre que alguém se quer referir ao facto de cada um dever desempenhar a função para a qual está habilitado. Não, não vamos falar na Cidália porque aí é claramente um macaco fora do galho! Referimos…

Vai aumentar

De acordo com a DECO aqui pagamos água no terceiro escalão. Dos cinco escalões que definiram, situamo-nos no meio. Ontem ficou-se a saber que isso deverá mudar dentro em breve. A câmara não tem acatado as recomendações da ERSAR para que sejam feitos aumentos e, pelo que ontem foi dito, cada consumidor apenas paga o…

Pegar pelos cornos

Se por um lado a Cidália ontem mostrou que se limita a seguir as ‘ordens’ que lhe dão, pelo outro ontem viu-se que a Alexandra assume uma posição de maior afronta. E isso foi visível em dois assuntos. Quando se votou uma questão de responsabilidade da câmara por causa de uma queda de uma munícipe,…

Está lá para quê?

Uma das coisas que se pede aos eleitos é que governem. Não se lhes pede que assumam responsabilidades pessoais, mas exige-se que tomem as melhores decisões para o concelho e para quem aqui vive. Isso implica que, num ou noutro momento, tenham que ser tomadas decisões politicas. É para isso que foram eleitos e é…