CMMG

Há algo de estranho quando um evento solidário é entregue a uma instituição que de solidário tem tanto quanto todas as demais instituições que fazem o mesmo que aquela. A Cidália não sabe quanto já foi entregue àquela associação, mas os números não enganam. Já hoje escrevemos sobre isso, mas não nos parece demais salientar que há algo que não parece bater certo. Entende-se que, numa acção solidária, se queiram beneficiar instituições das três freguesias, apesar de terem população diferente. Não é fácil entender que, numa perspectiva solidária, se privilegie um clube desportivo em detrimento de outras instituições. Que leva a que os políticos continuem a olhar para realidades iguais de forma diferente? Será que não há associações que poderiam querer receber uns cobres? A oposição não questiona, mas será que não valeria a pena alguém pedir um mapa de todos os apoios que foram concedidos àquela associação, incluindo estes da pista, que não passam pelo filtro dos apoios nem pelo regulamento, para que se soubesse o que tem acontecido estes anos? O que se tem assistido só pode ser amor!

 


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário