PCPPS

Quem esteve atento ao que se passou nesta semana, terá ficado com a clara noção de que todos os textos que saíram do PS e dos seus apoiantes foram exclusivamente dirigidos aos vereadores do MpM. A posição do PCP, igual e até comunicada na reunião antes, não mereceu qualquer tipo de ‘ataque’ por parte do PS. Foi quase como se eles não tivessem estado também contra! Muitas especulação houve em relação ao motivo desse ‘esquecimento’, mas o mistério está desvendado. O PS voltou à carga. As sondagens junto do partido começaram para ver se é possível chegarem a um entendimento que permita que possam conseguir uma maioria na câmara. Estão ainda numa fase inicial do namoro, mas fica clarificada a razão do que pareceu ter sido um esquecimento. Não só não foi esquecimento como foi propositado para não criar hostilidades no que se preparavam para começar a fazer. Agora haverá que esperar para ver se conseguem mesmo chegar a esse entendimento e a uma futura e rápida partilha de poder. Claro que há um grande entrave para que isso possa acontecer. Sabe-se que a Cidália é uma presidente fraquinha, sem autoridade e com dificuldade em lidar com quem lhe faz sombra. Uma eventual partilha de poder irá fazer com que essa fragilidade venha ainda mais ao de cima e que a Alexandra e até mesmo a Lara a superem sem grande dificuldade. Temos dúvidas que a Cidália consiga ultrapassar esse entrave e admita partilhar poder com quem lhe fará sombra. Uma coisa é certa, esta aproximação ao PCP vem mostrar que está a ser incapaz de gerir a câmara sozinha, como tem sido evidente para todos.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

4 Comentários

  1. Se há coisa que tenho reparado, é que o pc raramente é desafiado ou criticado aqui no largo, já para não dizer que a lara é sempre levada aos ombros.

    • Caro Mildeen. Escrevemos sobre o que nos parece que tem interesse. Sobre o PCP escrevemos muita vez e sempre que há motivo. Sobre a Lara, escrevemos sempre que se justifica. Se não escrevemos é porque não há assunto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário