Mercado… só em Lego

CuriosoCMMG, Mercado2 Comentários


Somos do tempo em que se brincava com os Legos, que se faziam casinhas, carros e tantas coisas mais que a imaginação permitia. Lembrámos disso quando vemos que há obras que não saem do papel, que se as queremos ver feitas só mesmo se voltarmos a brincar com os Legos. Isto vem a propósito de um novo ‘ataque’ que o ex-vereador Constâncio fez no Facebook em relação à sua ‘dama’, o mercado. Voltou a publicar o que defende em relação ao aproveitamento das instalações do Atrium. Os argumentos são conhecidos e haja quem defenda ou rejeite a opinião, acreditamos que será uma batalha que travará até ao final dos dias. Teria sido interessante poder ter intervido na Convenção Autárquica que há dias teve lugar e onde esteve presente, mas cremos que iria ser uma voz que o PS não quer ouvir. Mas tudo isto leva-nos de volta ao tema de sempre, o mercado. No orçamento que está em vigor, aprovado o ano passado, está previsto gastarem-se 3.303,00 euros no novo mercado. Em relação a essa obra a Cidália disse há dias “que continua à espera que a Direção do Tesouro diga se é possível fazê-lo no lugar em que está agora, porque só depois desta informação se poderá decidir e avançar com o projeto“. Ou seja, nada avançou. As tendas metem água, os sanitários metem nojo e os vendedores e utentes estão envoltos em imundice, mas a câmara espera, sentada, que alguém diga se é possivel fazer o mercado onde estão as tendas. Não parece que esteja, como há uns meses o Pedrosa escreveu, na perna dos que mandam para que haja uma decisão. Também não parece que esteja à procura de alternativas. Depois de tudo o que foi já retirado das instalações no Atrium para colocar no mercado da Vieira, parece-nos que será difícil fazer-se o teste que o ex-vereador defende de instalar lá o mercado para ver se funciona, mas parece ser claro que não se poderá contar que haja mercado tão depressa no concelho. Percebe-se que enquanto se espera por uma decisão da Direcção do Tesouro, presumivelmente porque aquele espaço não está destinado a mercado e poderá ser retirado à câmara se lhe for dado outro destino, não estão a ser equacionadas outras soluções e que, quando houver resposta, seja ela positiva ou negativa, ter-se-á que esperar pelo projecto. Só por milagre alguma coisa será feita este mandato. E aqui voltamos ao início… se quisermos mercado só mesmo se for feito de Lego!


Seguir
( 3 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 Comentário em “Mercado… só em Lego”

  1. Avatar

    O Constancio não se cala mesmo. Porra, mas quando é que ele vai perceber que já não há nada a fazer? Porra Constancio, Cala-te com a me$%&da do mercado no Atrium!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address