CMMG

Todos sabemos que a electricidade está pelas horas da morte e que cada vez que vem a factura sentimos que estamos a contribuir para um bando de gatunos. Há, no entanto locais e momentos em que é necessário que se gaste electricidade. Uma das causas tem a ver com a segurança pública. Um local mal iluminado potencia os amigos do alheio e transmite uma sensação de insegurança. Ultimamente na principal rotunda da terra, a escuridão instalou-se. Culpa da EDP, culpa da câmara a verdade é que a imagem é clara quanto ao que se passa e ao que se vê, ou não se consegue ver! Talvez com umas velas o assunto possa ser resolvido! Curiosamente ali a luz não existe, mas muitas são as vezes que durante o dia as luzes no parque, mesmo ao lado, estão acesas. Será uma espécie de ‘lei da compensação’?


Seguir
( 3 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 Comentários

  1. Sem palavras…
    Isto não é informação….
    Culpa da EDP….???
    Incorrecto!!!
    Se se desse ao trabalho de ligar para a linha de apoio da EDP ouviria a mensagem de computador e saberia de quem é a culpa de tal escuridão !!!
    Escrever é fácil…

    • Caro ???. Tal como escrevemos, desconhecemos de quem é a culpa, mas, em última análise, quem faz a gestão do concelho é a câmara e cabe a ela pugnar para que não estejamos dias a fio às escuras ou para que não tenhamos candeeiros a iluminar o sol.

  2. Parece que além de falta de obras públicas até a própria manutenção de lixos, espaços verdes e infraestruturas já começa a ser precária. Arrisco-me a dizer que o abismo está próximo, não?

    • Caro Anónimo. Não sabemos que o abismo está próximo ou se já estamos em queda. Uma coisa sabemos, a terra está a evidenciar sinais de abandono que não temos lembrança de existir.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário