Cidália

Há coisas que acontecem que não podem deixar de ser consideradas como estranhas. A câmara é, teoricamente, ‘gerida’ pelos eleitos, sendo a Cidália quem manda (ou devia mandar). Todas as informações que saem da câmara são feitas pelos que lhe dão apoio, não sendo, no entanto, expectável que estejam à espera que ela diga alguma coisa para depois então escreverem. Quando foi a discussão e votação do orçamento a câmara deu a informação para os munícipes de que o orçamento tinha sido reprovado. Até aqui nada de anormal ou estranho. A parte que é estranha surge quando, na informação que é dada aos munícipes, se incluem frases como sendo autoria da Cidália, como se ela tivesse sido entrevistada e ali estivessem a colocar uma qualquer afirmação sua que tivesse surgido no contexto de uma qualquer conversa. Quando é ‘citada’ como tendo dito que os elementos da oposição “sem ter havido qualquer comentário ou apreciação política ao documento por parte dos vereadores da oposição, estes votaram contra” ou que “o trabalho desenvolvido por este executivo leva-nos numa trajetória de recuperação e investimento na melhoria das condições do nosso Concelho” não pode deixar de ser visto como sendo algo estranho e claramente fabricado. É função da autarquia estar a ‘entrevistar’ a presidente para fazer citações de alegadas afirmações suas ou será que não seria melhor assumirem que aquilo que aparece escrito é apenas para tentar fazer passar uma imagem e nada mais do que isso? É estranho que se tente fazer passar a ideia para os munícipes de que aquelas afirmações são suas e não de quem gere o seu gabinete. Se são afirmações da presidente, perante quem e em que contexto foram feitas? É que quando se ouve a Cidália falar nas reuniões ou em qualquer outra situação, torna-se difícil imaginá-la a dizer algo tão elaborado quanto “trajetória de recuperação ou investimento” a não ser que seja uma frase já inserida num discurso já elaborado e que ela apenas tem que ler. Acima de tudo fica-nos a dúvida se a presidente se vê e revê no texto que fizeram e que disseram que tinha sido de sua autoria? Será que consegue defender a “trajetória de recuperação e investimento” com uma execução orçamental que não consegue chegar a um quarto do que estava previsto?


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 Comentários

  1. Como reforço do plantel, a chegada do Testas transformou o gabinete de comunicação, em autêntico Gabinete da Propaganda!
    Só gurus boys & girls.

  2. Muito bem caçada Curioso. Tal palavreado é impossível sair da boca da Cidália. Para isso, ela teria de tirar um mestrado. Equiparada a licenciada não é a mesma coisa que ser licenciada. Tem de correr muito, coisa que gosta pouco.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário