CMMG

Quanto mais sabemos, mais nos espantamos. Quando a câmara faz um concurso público tem que ter dotação orçamental para poder assumir os compromissos que daí irão resultar. Há algum tempo foi lançado um concurso para colocação de vigilantes no edifício da câmara. Houve quem tivesse ganho o concurso e o contrato foi assinado. Deveria ter sido iniciada a prestação de serviços deveria ter já começado. Eis quando a Cidália se justifica para que o início da prestação de serviços apenas possa ser em Janeiro porque, diz ela, a oposição não lhe aprovou o orçamento e, como tal, não tem dinheiro para pagar e também porque vai gastar muito dinheiro com os enfeites de Natal. Por esse motivo, os serviços que deveriam já estar a ser executados, não começaram por instruções da Cidália com os argumentos mencionados e só começam em Janeiro! Importa, por isso, analisar o que a Cidália disse. Por um lado, empurra para o ano que vem o início de um contrato, e respectivo pagamento, que deveria ter inicio este ano, com uma quantia que deveria e tem que estar dotada. Se não está dotada, como avançou com o concurso? Justifica-se com o orçamento para o ano que vem não estar aprovado, quando sabe que isso não tem correspondência com a realidade nem tem uma coisa a ver com outra. Desculpa-se que não  pode pagar aos vigilantes porque vai gastar muito dinheiro com a iluminação de Natal, como se pudesse estar desviar verbas de um lado para o outro ou como se o que deveria ser destinado aos vigilantes pudesse ser gasto em iluminações. Ou será que foi mesmo gasto, apesar do concurso e o contrato preverem o início da prestação de serviços ainda este ano?! Por fim, revela um total desrespeito pela empresa, que já terá contratado funcionários para cumprir o caderno de encargos, e agora não tem como lhes pagar! Pela forma como actuou, a Cidália poderá ter conduzido pessoas para o desemprego! Fica a pergunta: será que andamos a brincar aos autarcas e andamos a tentar descobrir a forma mais incompetente de gerir uma autarquia?


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário